sábado, 10 de novembro de 2012

Obituário da Saudade - Um Adeus para o professor Agostinho

Por José Cícero.....
Faleceu na cidade de Crato na última sexta-feira, dia 09 de novembro o conhecido e renomado educador aurorense Agostinho de Oliveira Lima(Professor Agustinho). Octagénário, o mesmo estava radicado na cidade de Crato havia mais de 8 anos, mas vez por outra sempre  vinha visitar a sua bondosa Aurora.
Professor Agostinho havia atuado por mais de duas décadas na educação aurorense, muito especialmente como mestre e inesquecível diretor de um dos mais importantes estabelecimentos de ensino da terra, - o  colégio estadual Tabelião Jose Pinto Quezado, localizado na vila Paulo Gonçalves.
Um legado de muito compromisso educacional, pioneirismo e exemplo de trabalho foi deixado pelo professo Agostinho para todas as gerações que se seguiram a sua luta na cátedra de Aurora. Tanto que ainda hoje é praticamente impossível falar da história da educação aurorense sem ter que lembrar o grande contributo deixado por este brilhante professor da terra do Menino Deus.
O corpo do professor Agostinho foi sepultado por decisão familiar na cidade de Crato, onde muitos dos seus encontram radicados.
Em virtude do seu falecimento o município juntamente com a secretaria de Educação, decretou feriado em toda a rede estadual e municipal de ensino na última sexta-feira. 
Toda a comunidade de Aurora tem uma dívida de gratidão com esta figura que muito contribuiu para o progresso e o desenvolvimento humanista e intelectual de verdadeiras gerações dos filhos de Aurora.
EM TEMPO - Do Editor:

Lembro-me com imensa  saudade do dia em que o professor Agostinho recebera em sua residência ali no quadro da matriz os originais de um dos meus primeiros trabalhos literários - Ecos da Saudade -, ainda nos idos do distante ano de 1993. Ele ao lado do advogado Idemário Oliveira(que fez o prefácio), esboçou o comentário de capa do meu antigo livro de poesia(foto), cuja cópia publico aqui para a devida apreciação dos internautas, à quisa de uma modesta homenagem a este vulto imorredouro da cultura e da educação de Aurora e região.
Saudade do querido professor Agostinho - um dos grandes nomes da cultura e da educação da terra Salgadiana. Um nome que deve ser lembrando para o todo e sempre pela sua luta em favor de uma Aurora melhor como se tem hoje. De sorte que seu nome deve ser escrito com letras de ouro nos anais da história aurorense.
Comentário de capa do livro Ecos da Saudade(93) feito pelo prof. Augustinho
.............................................

Prof. José Cícero
Aurora - CE.
LEIA MAIS EM:

Um comentário:

vanilda disse...

Saudades do meu GRANDE MESTRE! Professor Augustinho. Sério em seu trabalho, dono dos seus compromissos e responsável em seus ensinamentos! Tive a honra de ser aluna deste Homem tão brilhante...Foi meu professor de português e francês. Muito bom, muitas saudades! Lembro-me como se fosse hoje, nos dizendo: Le professuer et les élèves (o professor e os alunos) Nunca esqueço! Rezávamos Ave Maria em francês. Como eu gostava!
Obrigada meu Eterno Mestre! Sentirei saudades dos tempos bons e jamais fugirei das tuas lembranças.
Descanse em paz e que Deus lhe conceda a LUZ ETERNA!
Vanilda_ São Paulo (aurorense)

Google+ Followers