terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Uma Nova AURORA Cultural Nasceu em 2009

Por Luiz Domingos de Luna
Triste é a sociedade que coloca as paixões partidárias acima da maestria das abelhas mestras, que, mesmo diante de um solo inóspito e das circustâncias adversas de uma região caracterizada na correnteza da história de carências múltiplas betumada, as mais das vezes, por um provincianismo coloquial que chega a beirar o ridículo ou ao esdrúxulo.
A Historia do Secretário de Cultura, Desporto e Turismo de Aurora - O Abalizado José Cicero da Silva - Quem a frente dessta pasta - hoje é referência para o Cariri cearense é tão somente o terminal de um jovem abnegado que fez de sua vida um apostolado às causas de Aurora. Aurora hoje é uma cidade globalizada, no Cariri, é presença constante no sites mais acessados e não de menor envergadura no estado do Ceará, como ver este processo acelerativo e constante senão a mão de José Cicero a correr no tempo e na história; como um devocionado a causa, quando em Aurora a internet ainda era um 'bicho papão' dos grandes centros urbanos, já em boa hora, os trabalhos do José Cicero a bailar nos parcos sites da época sempre carregando nas costas o nome de Aurora por todos os rincões do País.
Por que existe uma renitência em reconhecer que a Secretaria de Cultura de Aurora tendo a frente o professor José Cicero é, como já é reconhecida no Cariri - a vitrine cultural de maior envergadura no sul do estado do Ceará, qual o lucro ou prejuizo intelectual de reconhecer o óbvio apenas como o óbvio.
Creio que a tendência de amiudar a secretaria de Cultura de Aurora é tentar amiudar o próprio dinamismo que este jovem vem, desde há muito, em pleno alvorecer da mocidade tentando dar vez e voz a terra do 'sol nascente'. Pois o legado que o professor vem fazendo em Aurora é uma exceção à regra no conjunto maior.
Qual a cidade do Ceará que tem a constância do José Cícero no desenvolvimento da cultura, literatura, esporte, turismo, com ilação ou não com o poder público? Nós aurorenses, não podermos usar da hipocrisia, para mascarar o brilhante trabalho do professor José Cícero da Silva no processo de desenvolvimetno da terra do menino Deus - Pois, ao cair nesta armadilha estamos induzindo as nosssas crianças e jovens a demolir a nossa identidade cultural, social e política feita com tanta dor, obstinação, bravura e tenacidade dos pioneiros.
Que a luz do José Cícero não seja apenas o substrato para a morte das borboletas que de tanto buscarem a luz ficaram cegas pela seu brilho intenso na batida do caniço quebrado...
E assim, nós ao processo de nossa atividade cognitiva e intelectual possamos contemplar e admirar a luz pela sua função maior de dar claridade aos cegos.
Luiz Domigos de Luna
É professor, escritor, agente cultural
e mestre da Ordem Sta.Cruz

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Filho de Lêço Quezado, diz que em apenas um ano Aurora mudou para melhor

O filho de Lêço Quezado( que deu nome a Copa Aurora) visita seu torrão natal e afirma que o município em 1 ano mudou bastante e para melhor.
O jovem advogado Quezado, hoje radicado no estado do Tocantins na cidade de Araguaína, encontra-se em Aurora havia quatro dias, reavendo seus amigos de infância e matando saudade da terrinha.
Quezado é filho do aurorense ilustre Lêço Quezado, ex-desportista recém homenageado pela realização da Copa Aurora e irmão do renomado advogado aurorense Dr. Paulo Napoleão Quezado.
Dr. Quezado, além de visitar parentes e amigos, também manteve contato com alguns representantes da gestão municipal, dentre os quais o secretário de Cultura e Esporte José Cícero, como também com o prefeito Adailton Macedo.
O mesmo não esconde a satisfação em dizer que sua Aurora agora está diferente, mudada para melhor em relação a últim a vez que esteve nas paragens aurorenses acerca de 2 anos atrás. O aurornse residente no TO também registrou todas as principais obras já realizadas e iniciadas pelo governo de Adailton Macedo.

domingo, 20 de dezembro de 2009

AURORA: Recebe Obras e Ações que ficarão na história




Vem causando uma repercussão das mais fortes e entusiasmada em toda sociedade aurorense as mais recentes ações da gestão “O povo construindo o novo”. Obras que muito dignificaram a cidade e o município de uma modo geral. Ações que elevam e engrandecem a auto-estima assim como o sentimento de amor e dedicação a sua terra, de todos quantos de algum modo cultivam um sentimento de afeto a terrinha do Senhor Menino Deus.
Em termos de novidade podemos muito bem destacar: a belíssima iluminação de Natal que vem dando um novo charme no panorama urbanístico da cidade. Uma ação que eleva e engrandece o espírito natalino dos auorenses. O prefeito Adailton Macedo, não se dando por satisfeito, assegura que no próximo ano a ornamentação/iluminação será ainda mais glamourosa vez que beneficiará todas as principais ruas, artérias, praças e avenidas de toda sede.
Outra ação recente que vem causando impacto diz respeito às obras de asfaltamento do centro da cidade. Um antigo sonho dos aurorenses que sempre imaginaram um visual moderno e inovador da zona urbana de Aurora. Uma obra histórica que marcará profundamente a vida assim como o cotidiano aurorense. Vale lembrar, sobretudo para os céticos, os que torciam pelo fracasso, que ações não param por aí. A pavimentação prosseguirá em outras etapas. Momento em que se estenderá para os bairros periféricos e outras artérias.
O asfaltamento da sede de Aurora vem sendo um acontecimento dos mais elogiados e comentados por onde quer que se ande em todos os quadrantes de Aurora. Sem esquecer a construção da escola técnica uma das obras mais imponente que Aurora já viveu, além da construção da agência do INSS, do posto de saúde do Araçá e da creche comunitária, assim como do gramado e das arquibancadas do estádio municipal. De modo que as ações da Prefeitura, têm sido diuturnas...
Aurora, diante de todo este rol de novas obras e ações nunca mais será a mesma. O progresso e a melhoria da situação de vida da população será a marca da administração do prefeito Adailton Macedo, assim como do seu vice Antonio Landim. Uma evidência de que realmente quando se tem um prefeito ousado, corajoso e inteligente como o jovem Adailto Macedo, uma nova Aurora será sempre possível. Nosso povo agora faz jus ao prefeito que merece.
Leia Mais em:

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Atletas aurorenses viajam para Marizópoles-PB onde farão testes para o Atlético de Cajazeiras


Nove Atletas juvenis de AURORA viajam para Marizópoles-PB onde farão testes quinta e sexta-feira para o clube Atlético de Cajazeiras; com o total apoio da Prefeitura através da Secretaria de cultura, Turismo e ESPORTE - Seculte.
Atletas de Aurora escolhidos no “peneirão de futebol” ocorrido no último dia 10 em Aurora pela comissão técnica e diretoria do Atlético cajazeirense viajaram na tarde desta quinta-feira(17) com destino a cidade de Marizópolis-PB quando participarão da segunda etapa da seletiva que escolherá os melhores talentos que serão contratados pela equipe paraibana. Os jogadores aurorenses, num total de nove disputarão vagas com atletas de outros municípios cearenses, tais como: Milagres, Abaiara, Brejo Santo, Mauriti, Porteiras e Jati. É uma empreitada difícil porém os talentos de Aurora estão bastantes confiantes.
Aurora é a cidade que participa com o maior número de jogadores na disputa, o que segundo o secretário, aumenta as chances de uma boa colocação, ou seja da possibilidades de que alguns filhos da terra possam ser escolhidos. “Torcemos para que nossos talentos possam agarrar esta oportunidade, como se diz, com unhas e dentes e assim consigam se profissionalizar e seguir em frente com o futebol, finalizou. O que estiver ao alcance da gestão municipal, o prefeito Adailton não medirá esforços, assegurou o chefe da seculte.
O prefeito Adailtor Macedo tem dado todo o apoio necessário para que haja em Aurora uma política série e consistente de incentivo, difusão e projeção do esporte local. Esta seletiva é apenas uma de uma série que iremos participar/organizar durante os próximos anos. Estamos vendo inclusive, a possibilidade de escolhermos alguns dos nossos jovens talentos para testes nas equipes de Juazeiro e Fortaleza, a exemplo do Ferroviário, disse. A seletiva da Paraíba acontece durante dois dias, ou seja, quinta e sexta-feira.
Leia mais em:




Ruas do centro de Aurora recebem pavimentação asfáltica


Uma obra simplesmente como qualquer outra? Não. Uma obra simplesmente para ficar na história. Pelo menos é assim com que a maioria da população tem avaliado todo o trabalho de pavimentação asfáltica que está sendo executado nas ruas do centro de Aurora.
O grande número de pessoas que todos os dias comparecem ao local das obras, dão a verdadeira dimensão do quanto o asfaltamento vem agradando os aurorenses.
O asfalto além de dá um novo visual urbanístico à cidade também sinaliza para uma nova feição mordena à área urbana, como também facilitará o tráfego de veículos e de pedestres, sobretudo agora quando a Prefeitura enviou recentemente para a câmara o projeto de criação do Demutran. Projeto que por sina, já fora devidamente aprovado pela edilidade.
O prefeito Adailton Macedo pretende pavimentar com material asfáltico parte considerável da malha urbana local, incluindo as artérias dos bairros periféricos (Araçá e Aurora velha), assim como todo o centro comercial que já vem sendo executado desde o começo da semana.
São obras de elevado valor social que muito contribuirão para o bem-estar dos aurorenses gerando ainda comodidade e melhoramento das vias públicas da cidade.
Mas o leque de obras que vem sendo empreendido recentemente não param por aí. Visto outras obras e ações vem sendo realizadas pela gestão municipal, dentre os quais podemos destacar: o início dos serviços para a construção da agência do INSS, A creche comunitária, o Posto de Saúde e a Escola Técnica.
Além das edificação das arquibancadas e gramado do estádio municipal previsto para breve. Sem esquecer as que já foram ou que vêm sendo desenvolvidas na zona rural, dentre outras ações importantes que no seu conjunto, mesmo agora prestes a completar um ano já colocam a administração de Adailton e Antonio Landim como uma das melhores do Cariri.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A História que não quer calar...

Qual o agente motivador para o Estado Brasileiro em todos os seus segmentos ter feito uma verdadeira cruzada contra a Ordem Santa Cruz – Penitentes – Santa Igreja de Roma – pelo que Consta, o primeiro patriarca - Ceará - Padre José Maria Ibiapina primou pela caridade e pelo bem comum de um contrato social voltado para o bem estar da coletividade como um todo.
Em sua gestão teve a Ordem Santa Cruz, aos irmãos, uma perseguição ferrenha, a nossa cidade modelo foi destroçada pelo estado, ficando a irmão Antonio conselheiro a alcunha de maluco, fanático, agitador e outras que consomem a mente do imaginário popular.
A verdadeira história foi apagada e a banalização das idéias foi consumida, inclusive pelos estudiosos e historiadores, Por quê? Já na administração do sucessor Padre Cícero Romão Batista se fez um caldo histórico sobre a igreja secular, o estado e, volta e meia, o caldeirão verdadeiro Monte Sinai do cariri (Crato-Ceará) é também dizimado com a mesma tenacidade de canudos. O Estado até o final de meados do século XX tinha uma sede de sangue tão violenta, que, não fosse à rigidez de nossa regra bulada estaríamos, a exemplo dos pioneiros-Nordeste- sob uma cruz perdida no matagal do esquecimento histórico.
A Gestão de Frei Damião de Bozzano foi à luz do pulsar vivo existencial mais serena, em partes, pois, ai do irmão que na realização do culto não tivesse uma autorização judicial expedida pelo delegado de plantão.
Ao rito a humilhação de ter um policial no encalço para, segundo a tradição dar proteção ao colegiado em miseré – É o que diziam, cabendo a nós a peregrinação vigiada por um estado opressor e coativo – porém para a sociedade e para o corpo policial um agente de defesa da causa e do bom cumprimento do nosso culto - O Encalço do policial - Quanta Hipocrisia.Os livros da Ordem Santa Cruz foram tirados de circulação sob a alegativa de que a “a seita é secreta e, portanto nociva a sociedade” e o mais estarrecedor é que a sociedade comprava esta idéia e naturalizava em segundos. Assim fica a ordem, sozinha, abandonada, punida, julgada e condenada pelo sadismo social de um estado que conseguiu repassar para a mediana social que nós somos uma seita de malucos.
Ainda bem que no século XXI – Considerado por nós como o século das luzes – já não somos perseguidos pelo estado, pela sociedade, nem por ninguém, nossos trabalhos são muito bem vindos pela internet como um todo, sendo inclusive esta, uma ferramenta poderosa para a difusão de nossa máxima “todos para o bem estar da Coletividade humana como um todo, desde o aparecimento do homem na era cenozóica, período do pleistoceno aos dias atuais”.
Praza Deus encontremos escritores sérios para dar luz aos meatos de nossa história apagada por um estado, que conseguiu exterminar parte do todo, mas não conseguia calar a voz dos que sonham por liberdade, igualdade e fraternidade.
Luiz Domingos de Luna
Integrante da Ordem Santa Cruz – Penitentes do Cariri Cearense.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Prefeitura de Aurora inicia obras de pavimentação asfáltica no centro da cidade




A gestão municipal deu início na tarde, desta segunda-feira, 14 a uma das mais sonhadas obras pela qual os aurorenses esperaram por anos a fio. Trata-se da pavimentação asfáltica das suas principais ruas, logradouros e avenidas, que já está sendo executada na entrada da cidade: da ponte na beira fresca indo em direção da avenida Antonio Ricardo.
Conforme ressaltou o prefeito Adailton Macedo, esta é uma obra que representa uma satisfação muito grande, visto que atende o interesse social de toda a população. Cerca de 90% das artérias urbanas de Aurora deverão receber este asfaltamento, incluindo o bairro Araçá, o centro e num segundo momento, o bairro São Benedito.
A cerca de 20 anos com a execução do asfalto do CE-286 a cidade de Aurora não recebia mais nenhuma ação neste sentido, notadamente dentro da área urbana. Uma coisa que muitos viam como um sinal de atraso, posto que boa parte das cidades caririenses há muito já vinham recebendo obras deste porte.
A pavimentação asfáltica, segundo os especialistas apresenta alguns aspectos positivos e também negativos, mas, numa coisa todos são unânimes: dentre muito a comodidade, a limpeza urbana, além de proporcionar um melhor visual urbanístico da cidade. Como também os ares de modernidade que agrega as ruas e avenidas. Os pontos que são considerados como negativos, é possível destacar o aumento da temperatura e a dificuldade de infiltração das águas pluviais. Porém o primeiro deverá ser compensado com o aumento da arborização e o segundo com o aprimoramento do sistema de captação das águas superficiais no período invernoso.
De modo que uma novidade como esta que em linhas gerais, facilita em muito a vida dos cidadãos, Aurora não poderia dá-se ao luxo de abrir mão. Porque seria como se caminhássemos todos na contra-mão da história e do desenvolvimento pós-moderno.
A obra está tão bem aceita pela população que a praça da beira Fresca virou de vez um espaço dos mais concorridos, vez que todos acorreram ao local para verificar de perto todo o trabalho que está sendo realizado pela firma contratada.
Os serviços de pavimentação entraram pela noite desta terça-feira, o que aumentou o número de populares que conferiam os trabalhos desde a ponte até a praça da matriz.
“Aurora agora vai ficar mais bela, moderna e organizada com o asfaltamento das suas principais ruas”, disse o estudante Cícero Freire morador do Araçá que também se encontrava no meio da multidão observando a execução dos trabalhos. “O prefeito Adailton está de parabéns por mais uma grande obra que ele prometeu e está realizando. Como filho desta terra estou muito contente”, completou o jovem estudante. A alegria da população era tanta, que até fogos de artifícios foram utilizados durante todo o finalzinho de tarde. Uma verdadeira celebração pública e espontânea dos moradores. As obras prosseguem por toda esta semana e em ritmo acelerado, disse o secretário de obra Antonio Macedo.
Aurora realmente começa agora a escrever um capítulo importante da sua história. Em menos de um ano, um leque de obras e ações de elevado valor social já coloca a administração do prefeito Adailton Macedo, como uma das mais operosas e promissoras de toda a região sul caririense e, talvez do próprio Estado. Uma prova disso foi a notícia de mais um prêmio no qual o gestor de Aurora foi agraciado no Rio de Janeiro, configurando-se entre os 50 mais importantes e trabalhadores prefeitos do Brasil. Uma honraria que muito projeta o nome do município na seara política nacional.
Por José Cícero
Da Redação.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Alunos participam de Seminários temáticos sobre o meio ambiente no Monsenhor de Aurora



Com as atenções voltadas para a 15ª Conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente que ora acontece em Copenhague na Dinamarca: estudantes de Biologia e Ciências do 9º ano e do ensino médio ( período da manhã e tarde) do colégio Monsenhor Vicente Bezerra da rede estadual de ensino em Aurora na região do Cariri capitaneados pelo professor José Cícero, vêm realizando deste o final do mês de novembro, como atividades do final do ano letivo, um ciclo de debates à título de seminários.
Abordando as grandes questões ambientais na sala de aula, as atividades têm como pano de fundo, dentre outros temas; os últimos acontecimentos relacionados ao desequilíbrio climáticos tanto no Brasil como no resto mundo, o aquecimento global, a problemática da água, as fontes de energia e biomassa, a desertificação, o desaparecimento de espécies biológicas, além das discussões que acontecem na Dinamarca na conferência da ONU sobre o meio ambiente.
“Hoje mais do que nunca, precisamos primar por uma consciência ambiental e ecológica como soluções estratégicas para a nossa sobrevivência planetária, a partir das discussões no ambiente da sala de aula, bem como defendermos com unhas e dentes uma educação ambiental que priorize uma nova consciência humana/estudantil e uma maneira diferente de relacionamento do ser humano com a natureza e os recursos naturais.
Numa visão holística devemos trabalhar todas estas questões como ferramentas educacionais importantes.De modo que a escola não pode se afastar desta necessidade primordial para a preservação da vida e das espécies no planeta. A vida daqui para frente vai depender muito disso que faremos agora.
Quem sabe, a geração do porvir não nos perdoará, caso nós fiquemos na omissão”, enfatizou o professor de biologia, responsável pela iniciativa. O pior é que esta preocupação parece não compor a pauta dos nossos educandários de um modo geral, completou. A questão é tão séria que um cadeira sobre o tema, há muito já deveria compor a grade curricular das escolas, finalizou.
Da Redação:
leia mais em:

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Aurora: Seculte realizará peneirão de futebol na próxima sexta-feira


De olho no grande 'peneirão' de sexta-feira, dia 11 que acontece no Estádio Municipal de Aurora a Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto – Seculte, realizou na tarde da última terça-feira, 8 na sua sede no centro da cidade um encontro com todos os atletas juvenis que participarão da seletiva de futebol numa parceira do município com o clube Atlético de Cajazeiras-PB.
Através da realização de uma partida envolvendo duas seleções juvenis locais, os observadores que compõem a diretoria do time paraibano escolherão alguns dos jogadores que numa segunda etapa participarão de uma outra seletiva, desta feita no estádio Perpetão na cidade de cajazeiras. Todos os atletas que tomarão parte do Peneirão se destacaram durante a Copa Aurora de Futebol num total apóio da Prefeitura Municipal através do gestor Adailton Macedo.
Conforme assegurou o secretário José Cícero, bem como o coordenador do Núcleo de Esportes da Seculte Raimundo Tabosa. Esta iniciativa é apenas uma de tantas outras que a secretaria irá realizar como forma de apoiar, incentivar, projetar e dar condições para que os talentos emergentes da terra possam galgar novos degraus no mercado futebolístico, a começar pelo regional. O que o secretário José Cícero chama de verdadeira política de incentivo à profissionalização dos atletas que têm potencial e alimentam desejo e o sonho de fazer carreira no futebol.
“Estamos viabilizando junto ao Dr. Paulo Quezado, para o próximo ano, o envio de alguns atletas aurorense para uma bateria de testes no Ferroviário na capital cearense”, explicou o secretário. Para tanto, disse ele, o próprio prefeito Adailton Macedo, está disposto a contribuir de forma efetiva para que os destaques de Aurora possam mostrar seu talento lá fora e se projetar em outras agremiações de renome.Na sexta-feira, antes da partida principal, haverá um jogo entre as duas escolinhas de futebol infantil mantidas pela Seculte como também com alguns jogadores mirins do projeto segundo tempo.
Na reunião, foi relatado também a questão da realização do 1º Campeonato municipal de Futebol de Salão nas categorias: Adulto, Juvenil e Feminino. Há ainda, segundo o secretário da pasta, existe a possibilidade da inclusão dos veteranos.
“Tudo irá depender da nossa conversa com o prefeito que estará viajando para Brasília e Rio de Janeiro à serviço da gestão. Tão logo ele retorne estaremos fechando esta questão. Pois é preciso pé no chão, estamos fazendo o melhor pelo esporte e isso não é fácil.
Há custos financeiros e humanos e não nos esqueçamos que ainda estamos em meio a uma crise. Porém entendemos que isto é investimento no futuro. Mas, assim como foi a Copa Aurora e o Campeonato Juvenil segunda divisão, tudo vai dá certo porque disposição e boa-vontade o prefeito tem de sobra... basta vermos o apoio que neste onze meses tem sido dado ao futebol e até a outras modalidades com o segundo tempo por exemplo.
Estamos incentivando o Voleibol e o Handebol com sucesso absoluto, pois já começou a cair na graça da nossa juventude esportiva”, daqui a pouco iremos para o basquete, o atlestismo, dentre outros, finalizou o secretário. Todos os desportistas e a comunidade em geral estão sendo convidados para assistirem mais este evento esportivo da Seculte.
Leia mais em:

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

AURORA: Morreu nesta sexta-feira, dia 4, vítima de acidente automobilístico o empresário aurorense Tarcísio Gonçalves.


Pajero e Camihão: Veículos destruídos pelo impacto da batida
Ontem (sexta-feira), dia 4 por volta das 15:30 h na BR-116 próximo a cidade de Barro um grave acidente automobilístico vitimou o empresário aurorense Tarcisio Gonçalves – um dos mais conceituados empresários do ramo de eletrodomésticos do interior cearense. O mesmo era proprietário da rede de lojas Baratão Móveis.
O Acidente:
Conforme informações o empresário, natural do município de Aurora ia do Barro com destino à cidade de Missão Velha, onde estava construindo mais uma loja, quando ainda no município do Barro-CE seu veículo Pajero bateu violentamente contra um caminhão tipo Baú que vinha em sentido contrário. O caminhao com placa de MG tentava ultrapassar uma S-10 quando colidiu de frente com o carro em que viajava o empresário. A S-10 também se envolveu no acidente, mas sem maiores danos. O motorista do caminhão saiu ileso do choque e logo depois, se apresentou à delegacia de polícia do Barro. O choque foi tão forte que o empresário teve morte imediata, dificultando o resgate do corpo do meio das ferragens pelos bombeiros, visto que o carro em que a vítima viajava ficou bastante avariado(ver fotos).
O corpo de Tarcisio Gonçalves foi transferido para o IML de Juazeiro do Norte onde foi necropsiado e em seguida transladado para a cidade de Aurora. O velória acontece na residência da vítima na vila Paulo Gonçalves. O enterro aconteceu no comecinho da noite de sábado, 5 no cemitério local após a missa de corpo presente que aconteceu no próprio velória, ou seja, no complexo do BM na vila Paulo Gonçalves. Uma grande multidão participou do cortejo fúnebre.
Proprietário da rede de lojas Baratão Móveis, Tarcísio Gonçalves tinha 36 anos era casado e residia em Aurora. Possuía lojas em diversas cidades do interior Sul Caririense como Aurora(filial), Caririaçu, Lavras da Mangabeira, Barro, Milagres e Mauriti. Empregando diretamente mais de 100 pessoas. Ainda este ano, uma nova loja devia ser inaugurada em Missão Velha, Barbalha, Crato e Juazeiro também estava nos planos do empresário.
Era de fato um homem dado ao empreendedorismo, uma característica que muito marcou a sua vida pessoal e empresarial. Há 12 anos o negócio teve início ma cidade de Aurora. Na época, “vendendo o almoço para comprar o jantar”, como brincava o empresário Tarcísio Gonçalves por ocasião da reportagem que prestou ao jornal Diário do Nordeste(caderno negócios) por ocasião da premiação que ganhou como Contribuinte nota 10 do governo do estado.
Comoção Popular:
Bastante querido na cidade, a notícia da morte de Tarcísio Gonçalves causou uma verdadeira comoção popular se transformando no tema da tarde em todos os recantos do município. Desde o final da tarde quando o acidente ocorreu, o assunto vem pontuando todas as rodas de conversas, bares e os lares aurorenses. Algumas instituições público-municipais também já colocaram uma faixa preta anunciando o luto pela morte do empresário.
O mesmo é irmão do atual secretário de Administração da Prefeitura de Aurora - Osasco Gonçalves.
O prefeito Adailton Macedo que se encontrava em Fortaleza na tarde do acidente, sensibilizado pelo falecimento do empresário, logo que recebeu a informação se disse comovido e lamentou a perda de Tarcisio Gonçalves classificando-o como um dos maiores empreendedores do Cariri cearense. “Aurora perderá muito com a morte de Tarcisio Gonçalves”, ponderou o prefeito de Aurora.
Há um clima de profunda tristeza por todas as partes da cidade. Onde não se fala em outra coisa, que não seja a notícia do acidente que vitimou o proprietário das lojas Baratão Móveis.
Por José Cícero
Da Redação do Blog da Aurora/jc/SeculteAurora.
Leia mais em:
Foto Ilustrativa: site Miséria JN

Concurso Público é Investimento...

A tradição no Brasil sempre a carregar costumes que estão fora do processo de desenvolvimento, assim, este gigante pela própria natureza fica transfigurado num anão quando os agentes públicos, servidores em esferas: municipal, estadual, federal são escolhidos por critérios subjetivos, parentescos, amizade, e qualquer outro, que não tenha como foco o conhecimento. Esta prática tem feito a felicidade de uns em detrimento do bom funcionamento do Estado Democrático de Direito.A Constituição de 1988, sabiamente, focou esta luz que posta na prática de forma intensiva e abusiva vai aparelhando o estado para uma nova roupagem de ações concretas por profissioaniais que estão em serviço por mérito, sem a preocupação de estar agradando ao desagradando à alguém, afinal, o objetivo do funcionário é servir e servir bem ao estado e por conseguinte a sociedade como um todo.É mister afirmar que: a premissa parte do todo, da totalidade, do conjunto maior, do colegiado que forma a sociedade, assim, os interesses, ou indicações ,ou subjetividade são dissolvida no bem maior o bem estar da sociedade como um todo.Quanto maior e mais transparentes forem às ações do estado maior será à força de coesão da sociedade; nisto, reside o principio da civilidade, tão necessária para a harmonia do conjunto heterogêneo, e de: ter a aptidão para o convívio com as diferenças e com os diferentes sem o uso do etnocentrismo, praga que ceifa todo o processo civilizatório, força que emperra e embrutece o processo de socialização, tão necessário, para o bom convívio dos seres humanos no espaço tempo.Quando uma instituição, prima pela seriedade, compromisso social, sempre dentro de uma ética exemplar passa para a sociedade estes princípios ativos, todos os integrantes do contrato social são beneficiados, pois, o processo é possuidor de lisura, de lealdade, de coesão social, o corpo a exercer a nova função foi escolhido dentro de padrões característicos de atitudes que dão a credibilidade necessária para o exercício da atribuição; pois, todo o processo, deste o surgimento foi balizado no mérito por meios constitucionais, legais, com a devida probidade, universalidade e, principalmente, com meios de civilidade e transparência, ficando no consciente coletivo, o modelo a ser seguido, o norte a ser desenhado, o objetivo a ser alcançado, a meta a ser cumprida; assim, a chama da cidadania faz aflorar um novo mundo, uma nova luz. A seriedade e a transparência vetores de esperança de toda uma gama de jovens desta e das futuras gerações.
Por: Luiz Domingos de Luna
Professor e mestre da Ordem Sta. Cruz

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

AURORA; Onze meses de gestão: Uma análise conjuntural

Onze meses de administração. Pela frente, logo de cara, além dos desafios inerentes a qualquer gestão estreante que recebera uma máquina aos frangalhos; de quebra uma crise econômica mundial das mais intensas que pegou os municípios brasileiros, notadamente os pequenos quase de surpresa. Além de tudo isso, como se não bastasse, as expectativas de uma população diante de uma gestão que estava apenas começando, conhecendo o ambiente no sentido do norteamento para os seus primeiros passos na construção do novo junto com o povo. Enfim, coisas da política em especial do nosso interior marcada por um lado, pelas incompreensões e as vontades que no mais das vezes mantêm-se além das possibilidades reais e objetivas. Dificuldades de toda sorte é bem verdade... Porém a ordem era a do enfrentamento na esperança de um novo amanhã.
Para tanto, muitas coisas tiveram que começar do zero. Foi preciso construir os alicerces para a edificação de um projeto político-administrativo consistente e de relevância social. Uma pauta de prioridades que concentrasse no seu bojo as premissas necessárias para uma gestão diferente, participativa, democrática e popular. Foi preciso ainda, um trabalho determinado como forma de vencer os primeiros obstáculos, dentre os quais o pessimismo e a má-fé de alguns oposicionistas adeptos do velho e conhecido slogan do “quanto pior melhor”.
Porém, graças à ousadia e o trabalho de uma equipe aguerrida e confiante foi possível inicialmente vencer mais uma vez o pessimismo de alguns(poucos) e começar a construir o necessário; tendo por mira a consolidação de uma Aurora, feliz, melhor, moderna e renovada para os seus filhos.
Foi assim. Porque agora, mesmo diante de uma crise econômica que ainda não se arrefeceu por completo, o município através do prefeito Adailton Macedo vem dando sinais de que nenhuma crise poderá ser maior do que a coragem e a determinação daqueles que se mantêm determinados e confiantes na busca de dias melhores para a sua gente. E deste modo é que vem se portando, o prefeito aurorense. Basta ver todo o volume de obras e ações que já conseguiu para o município. Sua expectativa é a de um homem incansável e que não foge a luta. Por isso haveremos de ter desde então, uma Aurora de fato e de direito diferente prenhe de progresso e cidadania para seu povo. Em resumo, podemos dizer e acreditar que finalmente, uma nova Aurora agora é possível.
Por: José Cícero
Aurora-CE.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

2012 - UMA CATÁSTROFE SE APROXIMA

Sérgio Luiz - publicado originalmente na CIM Brasil
...a precisão do calendário-maia,o oráculo chines I-CHING,o oráculo do povo hope,indígenas do oeste americano;o livro de Nostradamos,as profecias de Merlim...povos e personagens diferentes,de tempos e regiões diferentes,mas com uma mesma profecia,para um mesmo ano comum...
A comunidade científica internacional , não sabe como explicar,como que um calendário-maia,feito por um povo de um distante passado,seja tão preciso.E do outro outro lado do mundo,o oráculo chines I-CHING,também se direciona na mesma convergência;Nostradamos,na França e o verdadeiro Merlim,nas antigas florestas da Inglaterra...as profecias se convergem numa mesma direção,para um mesmo tempo. 2012 .
Épocas diferentes,personagens diferentes,regiões distantes,incluindo o povo indígena americano hope,que também profetizou sobre algo cataclísmico que acontecerá ao planeta em 2012.É fato que na Bíblia Sagrada,o Senhor Jesus alerta que coisas muito ruins aconteceriam com a humanidade ,mas que ainda não era o fim.Seria apenas,o início das dores.O problema é que os maias,chineses,os índios hope,da América do Norte,Nostradamos,Merlim...basearam as profecias,segundo suas culturas,segundo o seu tempo.Todas as tragédias mundiais,foram profetizadas e estão documentadas no calendário-maia,oráculo chines,oráculo do povo hope,no livro de Nostradamos e nas profecias de Merlim.Nada...mas nada mesmo,aconteceu,sem que tivesse sido profetizado. Segundo a decodificação do até então indecifrável,código do Bíblia,algo de muito ruim,acontecerá a humanidade no ano de 2012.
Porém há uma esperança no final das profecias:o homem poderá escolher o seu caminho.Ou ele abrirá caminho para a humanidade,ou sucumbirá ao apocalipse. Astronomos e físicos do mundo inteiro,estão surpresos e debatem o assunto e espera da ONU e dos países um mínimo de consciencia. Os preços do alimentos estão pela hora-da-morte,a fome já é um fato,pragas e doenças endêmicas se espalham pelos países,sem ficarem concentradas num só continente.O fim da água potável,já começa a fazer sentido no Oriente, na Ásia,África e já ameaça o oeste americano.A miséria e a morte,força o êxodo em massa das populações pobres,em direção aos países que ainda possuem comida e água.Diante da miséria explode guerras e revoluções,vitimando um número enorme de vidas.
Migrantes arriscam suas vidas no êxodo por terra e por mar...e os que conseguem chegar,são execrados e mandados de volta para o inferno de suas terras.
Os locais não aceitam dividir a sua água e sua comida.E quando algum governo aceita os migrantes,os empregos dos locais ficam ameaçados.Agora mesmo,na França,uma onda de suicídio,se abateu sobre os funcionários da França-Telecom.
Diante da ameaça de desemprego,vários funcionários se suicidaram,o que obrigou o governo frances a intervir e temporáriamente adiar a "medida".
Criando soluções superficiais,a fim de parar as mortes funcionais. Antigamente se falava em miséria na África e na Ásia,hoje ela está presente nas "melhores famílias europeias e americanas". Os ambientalistas e ecologistas estão como loucos.Estão arriscando suas vidas para párar,ou se não,minimizar a loucura humana com o planeta.Viajam pelo mundo,denunciam,divulgam...uns são mortos,outros presos...enfim...acho que tá mais que na hora de parármos e refletirmos,antes que seja tarde demais.
Fonte: CMI Brasil
em 20/09/2009
Leia Mais em:

sábado, 21 de novembro de 2009

20 de novembro – Dia de Zumbi dos Palmares e Padre Cícero.


O dia 20 deste mês aqui em Aurora, assim como em boa parte do Cariri foi comemorado, ou pelo menos deveria ser lembrado de modo mais que especial com duplo motivo. Isto é, primeiro por ser o dia que tradicionalmente fiés e devotos celebram a memória do Padre Cícero Romão Batista – o patriarca do Nordeste e o cearense do século. Por outro lado, por ser o dia dedicado nacionalmente ao grande Zumbi dos Palmares – sendo instituído, como o dia da chamada “consciência negra”.
Mas, digamos que em ambos os casos, reside a contradição: os areligiosos, ateus e agnósticos desprezam a devoção a padre Cícero, assim como a todos os santos de um modo geral. Os religiosos e os católicos não-praticantes também por seu turno, não estão nem aí para o padre, enquanto santidade, posto que o mesmo não pode figurar nos espaços internos das igrejas. Porém pela força popular da devoção que se tem a ele, seria ingenuidade se não aproveitassem do mercantilismo, ou seja, dos dividendo que o padre do povo gera o ano todo.
Com relação ao Zumbi dos palmares, ainda há muita rejeição quanto a aceitação do seu nome como um herói nacional ao nível de Caxias, Conde d’Eu e tantos outros que de herói mesmo não tiveram nada, não fosse a imposição da história oficial; aquela escrita pelos vencedores.
Até nas escolas o tema é tratado com reserva. Uma prova que o racismo, assim como o preconceito ainda é algo que se mantêm impregnado no senso-comum de boa parte da sociedade brasileira. Não sei se pela lei, mas a novidade que se percebe é que muitos não se sentem à vontade para dizer do seu preconceito. O que a prática e as atitudes o fazem de modo tácito.
No entanto, é preciso que reafirmemos nossos valores, a exemplo de Padre Cícero, Lampião, Conselheiro, Zé Lourenço, Ganga Zumba, Zumbi e tantos outros como elementos fundamentais que marcaram profundamente a vida, a luta e a resistência de parcelas significativas da população brasileira, secularmente oprimida e desrespeitada pelas elites burguesas e seus asseclas do poder.
Por isso Viva o dia 20 de novembro. Um dia para ser comemorado e lembrando amiúde com protesto, força e emoção. Um dia da consciência negra, mais negra que a asas da graúna como dissera Alencar na sua Iracema.
Um dia da consciência que merece uma reflexão coletiva sobre a nossa conjuntura, somando-se a tudo isso, o passado, o presente e o futuro de uma nação multirracial, que deve efetivamente um acerto de conta com a historia dos seus verdadeiros mátires.
Por: José Cícero
Leia Mais:

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Novo Presidente da AFA visita Aurora onde foi recebido pelo pref. Adailton Macedo, 1ª dama e o Sec. de Cultura.



Recentemente esteve em Aurora o atual presidente da Associação dos Filhos e Amigos de Aurora (AFA) residentes em Brasília – o Dr. Vicente Nunes Magalhães. O mesmo se fez acompanhar da sua esposa que por sinal é filha do Juazeiro do Norte. O Dr. Vicente foi eleito presidente da AFA na última eleição da entidade(22 de agosto) em substituição ao Dr. Hamilton Leite Cruz.
Em Aurora o presidente da AFA foi recepcionado pelo secretário de Cultura José Cícero que logo o dirigiu para um encontro/visita de cortesia com a 1ª dama Rose Macedo no gabinete do prefeito e, em seguida o prefeito Adailton macedo o recepcionou no bairro São Benedito onde se encontrava.
Foi uma conversa das mais agradáveis onde se pontuou diversos assuntos onde Aurora, seus filhos e sua história foi sempre o tema central. Também se falou, como era de praxe, de política, das dificuldades fiannceiras, dos serviços públicos oferecidos à população, bem como da própria AFA e os seus integrantes.
No final o Dr. Vicente e sua esposa foram convidados para um almoço como o prefeito, o secretaário e sua equipe na churrascaria Planalto na entrada da cidade na vila Paulo Gonçalves. Momento em que a conversação sobre os temas aurorenses tiveram prosseguimentos.
De lá o presidente visitou as criaças que participam do projet0 1º passo no CSU – Maria da Soledade Landim onde o mesmo fez uma pequena e bela explanação para os jovens presentes, onde falou da importantacia do estudo, da educação e da autoestima, do mercado de trabalho e do conhecimento como um elementoo fundamental para o sucesso profissional de todos.
Acampnahado do secretário o representante da AFA visitou ainda o antigo prédio da estação ferroviário agora totalmente reformado e onde funciona a biblioteca Antonio Jaimemde Alencar araripe cumpromentou funcionários e viu o acerco bibliográfio recém adquirido pela Seculte-PMA.. Como também o antigo prédio da casa do agente revitalizado pela prefeitura para abrigar a sede da secretaria de Cultura. Visitou obras de artes expostas na local e mais baixo no sótão, o ateliê do artesaão Dil andré onde prestigiou peças de artes, quadro, escultura e miniaturas de carro antigos, que inclusive comprou um belo exemplar para dá de presente ao seu neto em Brasília.
De lá o presidente viajou para Juazeiro para pegar o vôo para a capital cearense e de lá para a corte do poder.
Da: Redação






domingo, 15 de novembro de 2009

Representantes da Secretaria de Cultura do Estado visitam patrimônios históricos em Aurora




Imagens da visita ao casarão, a capela da Mártir Fca e de S. Benedito nas Beatas
Durante dois dias esteve visitando Aurora uma equipe técnica de inspeção do patrimônio histórico da Secretaria de Cultura do Estado. Composta por um engenheiro civil, um projetista-desenhista e um historiador a equipe da Secult estadual empreendeu visita à sede e ao distrito de Ingazeiras. Ocasião em que realizou levantamentos acerca de alguns dos mais importantes monumentos do patrimônio histórico e arquitetônico de Aurora, a exemplo do Casarão do Cel. Xavier localizado ao lado da matriz, uma construção de 1831 e que fora recentemente adquirido pela Prefeitura; o antigo prédio da Estação Ferroviária(sede) construída em 1920 revitalizada pela gestão municipal e onde já funciona a Biblioteca Pública; bem como o prédio que antes servia como residência da chefia da estação e que agora foi também adquirido pela prefeitura que ora abriga a sede da Seculte-Aurora.
Acompanhada do secretário de cultura José Cícero, a equipe também visitou a Estação ferroviária de Ingazeiras, a antiga Casa do Agente da Reffsa, além do local onde no passado existiu a velha capela de São Benedito, edificada pelo ex-escravo o preto Benedito ao lado do Rio Salgado no bairro da Aurora Velha( local conhecido ainda hoje como as Beatas).
O levantamento realizado pela equipe da Secult-CE irá possibilitar a aquisição de recursos e projetos além de futuras parcerias com alguns órgãos do Governo Federal e Estadual, afirmou secretário. “Este levantamento é uma forma de comprovarmos oficialmente de que Aurora possuir um patrimônio histórico de relevante valor cultural e que para tanto, necessita com urgência do apoio governamental para que possamos instituir uma política de preservação, manutenção, resgate e difusão das nossas potencialidades nesta área”, disse. “Este estudo técnico posto agora no papel e levado ao conhecimento das esferas públicas nos ajudará no processo de encaminhamento de projetos e outras reivindicações culturais, sobretudo na questão de formulação de proposta para os editais voltados para este setor. Por isso não vamos dá trégua a esta luta de manutenção e preservação da história aurorense.
Quando estivemos na capital em companhia do prefeito Adailton Macedo o secretário Auto Filho foi bastante receptivo a nossa causa, de modo que esta vinda do pessoal técnico é resultante daquela reivindicação que agora irá continuar”. Completou, “sabemos que para tudo na esfera pública é preciso ousadia e iniciativa política para acontecer a contento e por aqui temos um prefeito que considero de uma visão cultural das mais expressivas que é o Adailton. Um cara que não se preocupa apenas com questões comuns como a maioria... Uma prova da sua determinação é o que já foi feito nestes dez meses, muito mais do que muitos dos que passaram pelo poder local. A qualidade do trabalho que vemos na área da cultura e do esporte, por exemplo, é uma prova da sua disposição em fazer o melhor em favor da coletividade da sua terra.
A compra do prédio onde agora funciona a sede da cultura, a compra do casarão do coronel Xavier, são indicativos da sua missão inovadora, que confesso até me surpreende, pois estamos num momento de crise e praticamente edificando os alicerces de um plano cultural que sequer existia quando assumimos. No entanto; a inteligência, o desprendimento e a visão de futuro e de contexto histórico e social vem fazendo a diferença e, mais que isso: têm resultado em ações importantes como estas”.
“Muita coisa ainda tem por ser feita e nós iremos fazê-las, inclusive com a participação efetiva dos nossos artistas, artesãos e de todos os que se sentem de algum modo tocados pela arte e a cultura desta terra maravilhosa”, finalizou o secretário. Em contato com o coordenador da equipe o professor e poeta Otávio Menezes, o secretário José Cícero já agendou uma outra visita quando os mesmos conhecerão de perto o Cemitério da Bailarina(no Carro-quebrado/Antas), a Massalina( na Volta), as minas do Coxá e outros atrativos naturais do rio Salgado. Uma vez no Casarão, o pessoal da equipe ficou impressionado com o péssimo estado de conservação do velho sobrado. Na oportunidade, o secretário convidou o professor Luiz Domingos para acompanhar de perto todo o levantamento empreendido pela Secult-CE.
Da: Redação do Blog da Aurora, do JC e da Seculteaurora
Leia Mais em:



segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Há vários dias esgoto entupido da Cagece derrama água fétida de fezes espelhando fedentina no Araçá

Um desrespeito à população assim como um dessevirço aos seus usuários e consumidores. É esta a constatação que se tem diante do descaso com que a Cagece local vem tratando alguns problemas relacionados ao tratamento de esgoto domiciliar. O que vem corroborando para esta assertiva é o entupimento da tubulação no entroncamento entre as ruas da Cerâmica(Nereu Gonçalves) com Cícero José do Nascimento no cruzamento de acesso a Cel. José Leite, parque Sabiá e do Cruzeiro no bairro Araçá. Justamente num local dos mais movimentados, onde estão estabelecimentos comerciais, residências e onde está situada, inclusive uma creche comunitária, em frente da qual se encontra o bueiro transbordando com água de esgoto/fezes exalando uma fedentina insuportável para os que residem nas imediações e transitam constantemente pelo local.
Além de atentar contra a saúde pública, o problema está causando sérios transtornos a moradores e comerciantes das imediações, bem como provocando o afundamento do calçamento das ruas. “O problema não é de hoje, há indícios de erros na distribuição da tubulação, possivelmente de desníveis no ramal, de modo que todas as vezes que os funcionários da Cagece vêm ao local realizam apenas rápidas ações paliativas, de modo que o problema logo volta, tendo por assim dizer; a velha solução de continuidade”, afirmam os moradores. “Vamos comunicar o problema ao prefeito Adailton Macedo para que o mesmo exija da direção regional da empresa uma solução definitiva, afinal de conta a Cagece atua no município sob a condição de concessão pública”, completam. Há também a possibilidade de se ingressar com uma ação na justiça, caso a empresa não decida desta vez resolver a situação em definitivo. Afinal de conta, a população paga a tarifa de esgota não para isso...
Há reclamações também relacionadas à estação de tratamento no tocante ao forte mau cheiro que ali existe. Conforme o estabelecido pelas normas técnicas, o tratamento químico evitaria a fedentina. Então a pergunta: por que o cheiro?
O desperdício do preciso líquido também chama a atenção, devido os freqüentes rompimentos da tubulação e vazamentos em diversas partes da cidade. A atenção precisa ser redobrada, posto que em breve boa parte das ruas e avenidas de Aurora receberá pavimentação asfáltica. Pessoas que estão ligando as águas de banheiros e pias para à rua(sobre o calçamento) deveriam ser fiscalizadas e orientadas pela empresa a direcionar estas águas para a tubulação subterrâneo(do projeto Alvorada). Tal procedimento também vem contribuindo para deterioração do calçamento em diversas ruas, artérias e avenidas da cidade.
Em tempo: até a manhã do dia 3 de novembro o problema ainda permanecia sem solução.
Leia mais em:

domingo, 25 de outubro de 2009

Aurora: um presente da igreja*

Desfraldando com um facão rabo de galo; com a batina moída pelo tempo nos araçás ainda úmidos, na boca quente, os sabiás pulavam de galho em galho, a aurora boreal a registrar o momento... Na manhã de 1825, O cedro, as carnaúbas, os marmeleiros, na brisa da paisagem, a cruz deslocada aos pioneiros, dos irmãos lazaristas, aos missionários, a primeira cabana é erigida, na verdade uma capela, ou mais precisamente, um oratório de um padre, um penitente. A Contemplar a seara da Messe aos olhares atentos de seus irmãos, seus amigos, familiares e parentes. A Chama de uma lágrima floresce na face daquela fisionomia sofrida e retorna a terra que feliz fica ao ver aquela forte figura cadavérica entregar os pontos, do pensar para o alto e fazer a ligação entre o humano e o divino. Sob as palhas do oratório, na prensa de uma cabana, com o cheiro forte da celulose, parava a ciclose e começava missa, batizados e casamentos.
A Igreja entrando nas matas, virgens, nuas, e ecológicas ao som do maestro natural de Crato a rumar sertão adentro e ouvir ainda, do Rio Salgado, potável nas águas, a riqueza de uma região em andamento. O Padre a ouvir a cantilena, de uma sobrinha não contente, haja preces, e mais preces ao casamento, da primeira devota do Menino Deus - Maria Leite dos Santos, no choro da estola aos pés do padre Antonio Leite de Oliveira, a súplica de uma irmã da fé, nascia, naquele momento, pois, em lágrimas rogava e pedia que se um esposo encontrasse, em um tempo ou a um só templo um oratório ergueria.
Do Aracati ao Crato, um tropeiro conduzia, uma condução de burros, todos paramentados na estrada que trazia, nos juazeiros do Cariri, uma nova estrada surgia, na fatiga da poeira da estrada, na orla de um rio parava, o príncipe dos sonhos de Maria. Quando um burro se afogava, Francisco Xavier de Sousa, gritava, som que penetrou nos suave auvidos de Maria, acudira com precisão, mais no calor da emoção, enquanto o burro saia, o olhar penetrava, o véu ao chão caira, força de uma seta, talvez fosse uma reta, o coração dos dois jovens em calor se ebuliram.
Numa casa de taipa, uma tapera, uns fachos aos jogos e folguedos, o jovem gritava e aplaudia, eram gritos de derrota e de vitória que o jogo lhe trazia, na verdade uma grande paixão, que nasceu no rio e na mesa de Maria.
O Padre que conhecia a história e as preces de Maria, lembrou de seu juramento, já foi falando em casamento, que foi um contentamento para os dois que admirados lhe ouviam. Assim nasce o oratório do Menino Deus, todo ornamentado, simples e bem cuidado pelo amor de Maria. De Francisco Xavier da estrada o seu estado, um lindo sobrado, pensava, as posses de sua esposa a obra construía em 1831, A Fazenda logradouro seu oásis possuía.
Da fazenda para a venda uma nova história nascia, pois no grito de Paulinho Nogueira, na soleira do sobrado o nome 'Aurora' surgia. A Velha história se esconde, pois a cratense Aurora Leite Teixeira dá um basta à hipocrisia, revelando o seu romance com o coronel que na rua da vala nascia, um amor que não podia, assim veio para a 'Venda', ergueu também uma capela, criando uma contenda, nasceu logo uma desavença entre sobrinha e tia.O Padre sabiamente, delimitou bem ligeiro, a área de atuação, destas duas heroínas uma ficou o nome a outro o padroeiro.
O Tempo jogado no espaço a esperar um luzeiro, em novembro de 2009 José Cícero é o obreiro, na secretaria de cultura, num passo firme e certeiro, ao consultar o estado, que foi muito hospitaleiro, finalmente na linha do tempo pisado, o sobrado é tombado, ao povo da Terra do Menino Deus é repassado e ao povo de Aurora agraciado com o seu primeiro prédio feito em alvenaria.
Luiz Domingos de Luna
(*) Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio
Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora – CE

domingo, 27 de setembro de 2009

Aurora realiza 1ª Amostra de teatro(Festac) com Record de público, diz secretário.




Promovida pela Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto – Seculte, a 1ª Amostra de Teatro Amador de Aurora, ocorrida na noite deste sábado, dia 26 se constituiu como um dos mais participativos acontecimentos culturais já vivenciado pela população aurorenses dos últimos anos. “Foi um sucesso. A começar pelo comparecimento em massa da população. Diríamos que foi um recorde” ressaltou alegremente no encerramento o secretário da pasta José Cícero.
O evento aconteceu no auditório do salão paroquial localizado no centro da cidade, cujas dependências pareceram pequenas diante do grande número de pessoas que compareceu ao local para prestigiar o leque das apresentações. Quatro dos mais conhecidos grupos de teatro amador de Aurora participaram da amostra com peças e encenações que primaram pela irreverência, humor e descontração sem perder de vista o enfoque da realidade social e o contexto das agruras sertanejas cotidianas. A amostra foi intitulada de Festac – 1º Festival de Teatro e Arte Cênica de Aurora edição 2009.
A performance dos atores e atrizes amadores de Aurora ocupou um capítulo à parte, algo que também surpreendeu a todos pela grande atuação de ambos os protagonistas. Além do grande número de espectadores que lotaram o auditório paroquial. O espetáculo agradou tanto aos adultos quanto às crianças que também prestigiaram em grande número mais um evento da Seculte. A prefeitura por intermédio da Seculte destinou uma premiação em dinheiro para cada grupo participante.
O prefeito Adailton Macedo que também acompanhou de perto as apresentações se mostrou bastante entusiasmado diante do brilhantismo com que tudo aconteceu, notadamente pela receptividade da população à amostra teatral, bem como pela atuação primorosa de todos os que atuaram. Estiveram presentes ainda, além do secretário de Cultura José Cícero, a 1ª dama Rose Macedo, o secretário de Administração Osasco Gonçalves a secretária de Ação Social Socorro Macedo e outros amantes da arte teatral, a exemplo dos professores Luiz Domingos, Raimundo Leal, Cláudia Maria, Elizete Albuquerque entre outros. Boa parte do autores e atrizes que protagonizaram o espetáculo também integram os quadros da Seculte local.
“Aurora adentra a partir de agora, com esta pequena amostra de teatro, numa das atividades pela qual a civilização mundial desde a Grécia antiga aprendeu a pensar, refletir e vivenciar as coisas do mundo pelos olhos do conhecimento e da sabedoria”. “O teatro também é uma ferramenta fundamental para o avanço do processo educacional e cultural, por isso, podemos afirmar que este evento será apenas o primeiro de uma série que haveremos de realizar”. "O teatro, assim como o cinema e o museu precisam virá de vez um bem social, uma mania, um lazer popular não apenas como um direito das elites, mas de todo o nosso povo. Razão pela qual precisamos democratizá-lo o quanto antes, através de expedientes como este", disse. A próxima ação da pasta será a realização de oficinas de teatro que deverão se espalhar pela sede e distritos do interior rural, como também o projeto "Cine-Sertão" que priorizará a projeção cinematográfica de produções culturais nacionais e regionais pelo município inteiro em espaços públicos. finalizou. No final todos os promoventes e o atores teatrais foram efusivamente aplaudidos e elogiados pela platéia, o que deixou todos esperançosos de que a partir de então, a cultura também teatral comporá igualmente a pauta das prioridades da seculte-Aurora.

Google+ Followers