quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Relembranças aurorenses... Por José Cícero



Que saudade ainda eu tenho

Dos bons tempos de Aurora.

Das cheias do rio Salgado

de João Raqué, do reisado

das coisa boas de outrora.

Nada mais é como era

A vida era mais sincera.

Falta trem na estação,

As rezas da renovação

Cuia, catemba e panela.


Ando agora e não encontro

A feira-livre do mercado

Antigos comerciantes

Velhas bancas dos marchantes

Bons vendeiros do passado

partiram e não voltam mais.

Quanta saudade me faz

E agora são só lembranças.

Da beneficente, das danças

Som de sinos, quermesse

e as bandas cabaçais.

José Cícero(inédito 2011)

LEIA MAIS EM:

WWW.prosaeversojc.blogspot.com

WWW.jcaurora.blogspot.com

WWW.seculteaurora.blogspot.com

WWW.aurora.ce.gov.br

Fotos ilustrativas/internet


2 comentários:

vanilda disse...

Belas lembranças! Desta forma é impossivel não viajar por Aurora, todos os dias,atraves do seu Blog!
Obrigada por nos dar este previlégio.
Fique com Deus.
Vanilda SP.a(aurorense)

DANIELA DANTAS disse...

Agora entendo porque razão minha amiga Vanilda fala que todos os dias, ela vai até sua cidade e que parte dos seus sonhos ficaram por lá, analizando isto, realmente é possível , todas estas postagens são uma verdadeira fortaleza.

Daniela Dantas - SP

PARABÉNS.

Google+ Followers