quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Internacional da Água: Por José Cícero

A água foi quem nos deu a vida...

No passado ela era quase um símbolo dedicado ao sagrado. Tamanho era o respeito e o grau de reverência que as pessoas dedicavam a ela. Um verdadeiro monumento natural dos seres vivos, através do qual a natureza da vida convivia na mais pura harmonia com os interesses e necessidades dos homens. Havia, portanto um notório equilíbrio marcado pela consciência da sua importância para a própria sobrevivência e bonança do planeta.

Era na prática cotidiana, a expressão mais pura da vida de todas as espécies enquanto autêntica dádiva de Deus em benefício de toda a existência humana e ambiental. Dado que ela era respeitada e cultuada por todos os povos do planeta desde os tempos imemoriais. A vida, portanto, estava de um certo modo especial profundamente ligada o tempo todo a ela. Era uma coisa mágica viva. Um espetacular fenômeno pelo o qual a natureza se consolidava em toda a sua beleza e magnitude diante dos seres da biosfera. Um símbolo materializado de tudo o mais que era sagrado. Um acontecimento metafísico e inusitado da ciência química. A substância das substâncias... Um eterno presente dos céus. Um exemplo da mais clarividente bonança com vista o milagre eterno da multiplicação do pão alimentando a Terra.

Semente de toda a grandeza e da fartura fazendo brotar a energia e o alimento do chão. Plena abundância da vida na sua compleição mais forte e verdadeira. Semente a germinar para todo o sempre um paraíso de fartura e de beleza. Um universo de infinitas grandiosidades garantindo aos homens e as demais espécies a necessária perpetuação. De modo que, quase nada podia ser pensado sem que ela fosse considerada.

Hoje, no entanto, estamos aos poucos a matando. Envenenando-a. Destruindo os seus antigos caminhos e os biomas que a ela pertencem. Degradando sua composição natural. E uma vez matando, também morremos junto com ela. Posto que somos todos dependentes da sua existência. Sem ela nada mais será possível sobre a Terra. Nada sobreviverá. Fauna e flora perecerão quando um dia ela morrer ou for embora. A vida da Terra sucumbirá.

Se no passado ela era um bem coletivo. Hoje, infelizmente, virou produto da cônica humana. Uma mercadoria como mecanismo de se ganhar dinheiro pela voracidade louca do capitalismo. Está sendo transformada em propriedade de uns poucos. Os ricos do mundo que no fundo são tão pobres que só possuem dinheiro. Os que morrerão de sede primeiros que nós pelo egoísmo que carregam no coração.

Ao contrário do passado, ela agora é motivo de guerra. O mais novo escândalo da civilização tida como moderna. Um perigo quando ainda consegue brotar do chão. Um bem cada vez mais escasso e que fatalmente comprometerá toda as forma de vida do planeta.

Ela é tão somente o símbolo maior da vida. Nascemos dela. E ainda hoje somos potencialmente compostos química e organicamente por ela. Molécula da existência terrena. Hídrica composição da matéria viva. Sustentáculo de tudo que pode ser chamado de fauna e flora. O mais precioso recurso natural da natureza biodiversa. Combustível da sobrevivência, chamado simplesmente pelo nome de ÁGUA.

Para entender:
Neste dia 22 de março o mundo comemora o ‘dia mundial da água’. Um ato simbólico institucional, mas que se reveste do mais alto valor humanístico, posto quer nos remete não somente nesta data a voltar nossas atenções e preocupações para a problemática da água vivenciada atualmente pelo mundo inteiro. A referida homenagem foi criado em 1993 pela Nações Unidas sob as devidas recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento.
Façamos então, nossa reflexão acerca desta questão vital para a vida na Terra.
..................................................
José Cícero
Professor, Pesquisador e poeta.
Secretário de Cultura, Turismo e Esporte.
Aurora - CE.
----------------------------
LEIA MAIS EM:

WWW.seculteaurora.blogspot.com

WWW.prosaeversojc.blogspot.com

WWW.blogdaaurorajc.blogspot.com

WWW.aurora.ce.gov.br

WWW.eitaaurora.blogspot.com

www.cariricangaco.com

WWW.jcaurora.blogspot.com

Fotos ilustrativas da Internet.

Um comentário:

vanilda disse...

Nos deu a vida e nos mantém vivos.
Já sufocados por sua falta e entristecidos, com total desprezo, pelo bem mais precioso, que recebemos de graça e pouco ou nada é feito para sua preservação.
ÁGUA! Não somos ninguém sem sua existência.
Vanilda SP.(aurorense)

Google+ Followers