quarta-feira, 28 de março de 2012

Crediarista morre afogado após D-10 em que viajava ser arrastada pelas águas do rio Salgado em Ingazeiras, distrito de AURORA

Momento em que o veículo e retirado do local do acidente. Barragem das Tropas/Ingazeiras

Por voltas das 10:20h da manhã desta quarta-feira(28) ocorreu no distrito de Ingazeiras município de Aurora a cerca de 22 km da sede, um triste acidente que resultou na morte por afogamento do vendedor-crediarista identificado até agora apenas pelo apelido de “Fumaça”. O mesmo era natural do vizinho município de Missão Velha onde também residia.

O acidente aconteceu quando a dupla de crediaristas retornava daquele distrito em uma camionete tipo D-10. Ocasião em que tentaram atravessar a perigosa Barragem sobre o rio Salgado localizada na altura do sítio Tropas a mais ou menos 2 km da vila. Naquele momento, a passagem não era segura dada a força da correnteza a própria barragem que se encontrava vastante escorregadia. Segundo, informações os mesmos ainda foram alertados por pipulares de que não era seguro a travessia. O mais prudente seria esperar as águas baixarem ou fazer o retorno pelo sítio Terra Vermelha, mesmo com um percurso bem mais distante.

O Acidente:

Em virtude das últimas chuvas ocorridas em boa parte da região do Cariri, o rio Salgado desde as primeiras horas da madrugado vinha recebendo um grande volume de água. De modo que a referida barragem, conforme informaram os próprios moradores das imediações, não estava dando passagem. Mesmo assim os crediaristas decidiram atravessá-la. O veículo puxava um reboque com as mercadorias. No momento da passagem a vítima resolveu deixar a cabine do carro para subir no reboque para apreciar a correnteza.

A força das águas era tão forte que terminou por empurrar lateralmente o reboque que, por conseqüência também arrastou a camionete. Contudo, após tombar o reboque acabou se soltando do engate do veículo, de forma que a D-10 ficou no limite da barragem preste a descer.

O vendedor não teve a mesma sorte. Caiu junto com o reboque sendo rapidamente arrastado pela correnteza. Até o fim da tarde de hoje(28) o corpo do mesmo não havia sido localizado pelos mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte que se encontra na operação de busca. Soldados do destacamento da Polícia Militar de Aurora, sob o comando do sargento Rosival Roseno também se encontram no local auxiliando nas buscas. A violência das águas, assim como a cor amarelada que impossibilita a visibilidade estão dificultanto o resgate. No pé da barragem há muitas pedras e lajedos o que na opinião de muitos curiosos e moradores ribeirinhos podem ter sido a causa principal da morte da vítima, devido uma possível pancada.

--------------------------------
* José Cícero da Redação do Blog de Aurora
Fotos: Chinês in Site Miséria(JN).

Um comentário:

Danubio disse...

´Lamento quando um trabalhador morre,porque estava ganhando o seu sustento.Eu conheço o local da tragedia apesar de não ser natural dessa cidade trabalhei praticamente em todo o município.Povo muito hospitaleiro.

Google+ Followers