quarta-feira, 25 de novembro de 2009

2012 - UMA CATÁSTROFE SE APROXIMA

Sérgio Luiz - publicado originalmente na CIM Brasil
...a precisão do calendário-maia,o oráculo chines I-CHING,o oráculo do povo hope,indígenas do oeste americano;o livro de Nostradamos,as profecias de Merlim...povos e personagens diferentes,de tempos e regiões diferentes,mas com uma mesma profecia,para um mesmo ano comum...
A comunidade científica internacional , não sabe como explicar,como que um calendário-maia,feito por um povo de um distante passado,seja tão preciso.E do outro outro lado do mundo,o oráculo chines I-CHING,também se direciona na mesma convergência;Nostradamos,na França e o verdadeiro Merlim,nas antigas florestas da Inglaterra...as profecias se convergem numa mesma direção,para um mesmo tempo. 2012 .
Épocas diferentes,personagens diferentes,regiões distantes,incluindo o povo indígena americano hope,que também profetizou sobre algo cataclísmico que acontecerá ao planeta em 2012.É fato que na Bíblia Sagrada,o Senhor Jesus alerta que coisas muito ruins aconteceriam com a humanidade ,mas que ainda não era o fim.Seria apenas,o início das dores.O problema é que os maias,chineses,os índios hope,da América do Norte,Nostradamos,Merlim...basearam as profecias,segundo suas culturas,segundo o seu tempo.Todas as tragédias mundiais,foram profetizadas e estão documentadas no calendário-maia,oráculo chines,oráculo do povo hope,no livro de Nostradamos e nas profecias de Merlim.Nada...mas nada mesmo,aconteceu,sem que tivesse sido profetizado. Segundo a decodificação do até então indecifrável,código do Bíblia,algo de muito ruim,acontecerá a humanidade no ano de 2012.
Porém há uma esperança no final das profecias:o homem poderá escolher o seu caminho.Ou ele abrirá caminho para a humanidade,ou sucumbirá ao apocalipse. Astronomos e físicos do mundo inteiro,estão surpresos e debatem o assunto e espera da ONU e dos países um mínimo de consciencia. Os preços do alimentos estão pela hora-da-morte,a fome já é um fato,pragas e doenças endêmicas se espalham pelos países,sem ficarem concentradas num só continente.O fim da água potável,já começa a fazer sentido no Oriente, na Ásia,África e já ameaça o oeste americano.A miséria e a morte,força o êxodo em massa das populações pobres,em direção aos países que ainda possuem comida e água.Diante da miséria explode guerras e revoluções,vitimando um número enorme de vidas.
Migrantes arriscam suas vidas no êxodo por terra e por mar...e os que conseguem chegar,são execrados e mandados de volta para o inferno de suas terras.
Os locais não aceitam dividir a sua água e sua comida.E quando algum governo aceita os migrantes,os empregos dos locais ficam ameaçados.Agora mesmo,na França,uma onda de suicídio,se abateu sobre os funcionários da França-Telecom.
Diante da ameaça de desemprego,vários funcionários se suicidaram,o que obrigou o governo frances a intervir e temporáriamente adiar a "medida".
Criando soluções superficiais,a fim de parar as mortes funcionais. Antigamente se falava em miséria na África e na Ásia,hoje ela está presente nas "melhores famílias europeias e americanas". Os ambientalistas e ecologistas estão como loucos.Estão arriscando suas vidas para párar,ou se não,minimizar a loucura humana com o planeta.Viajam pelo mundo,denunciam,divulgam...uns são mortos,outros presos...enfim...acho que tá mais que na hora de parármos e refletirmos,antes que seja tarde demais.
Fonte: CMI Brasil
em 20/09/2009
Leia Mais em:

Nenhum comentário:

Google+ Followers