quinta-feira, 2 de junho de 2011

AURORA: Secretário de Cultura participa do 1º Encontro de Gestores e cobra da SECULT-CE ações para a recuperação do Casarão do Cel. Xavier

José Cícero no momento da entrega das fotos do Casarão ao atual secretário de Cultura do Estado Prof. Pinheiro




Na última quarta-feira – 1º de junho - Aurora participou do I Encontro Estadual de Gestores Municipais de Cultura promovido na capital cearense pela Secretaria de Cultura do Estado sendo representado pelo secretário de Cultura José Cícero.
O encontro aconteceu durante todo o dia no auditório do centro de convivência do servidor público – Cambeba. Ocasião em estiveram reunidos secretários de culturas e agentes culturais de quase todos os municípios cearenses como o novo secretário da SECULT o ex- vice-governador do estado professor Pinheiro que naquele dia assumiu oficialmente a pasta da cultural do Ceará.
Na pauta, as diretrizes da política cultural do estado do Ceará com ênfase no papel dos gestores municipais. Ainda uma série de discussões acerca das novas metas e ações estruturantes a serem empreendidas daqui para frente pela pasta. Além da apresentação do projeto cultural e os compromissos do novo secretário.
Também participaram do encontro gestores municipais de cultura, representantes dos fóruns regionais e conselheiros de cultura do Ceará. Diversas autoridades ligadas à cultura estadual compareceram ao evento, a exemplo do arquivista e memorialista Nirez, do prefeito de Hidrolândia e do ex-secretário Barros Pinhos, do professor Aurênio, além de artistas cearenses.
Na ocasião, durante a plenária, o secretário José Cícero, de forma incisiva e emocionada falou acerca de como via a política cultural tocada até então pela secretaria de estado, bem como das grandes necessidades de Aurora na área cultural. Ainda, cobrou do novo secretário ações com vistas a recuperação imediata do antigo e centenário casarão do coronel Xavier(foto).
Leia abaixo, um pouco da fala improvisada do secretário José Cícero no referido evento de Fortaleza:

..............................

(...) "Ouvi atentamente a fala do companheiro lá da Ibiapaba quando disse que, talvez por sua cidade ficar no alto da serra as ações da Secult não conseguiram ainda chegar até lá.

Mas, curiosamente também quero neste instante assinalar que o município de Aurora, que aqui represento na qualidade de secretário de Cultura e de esporte, mesmo situado no vale do Cariri – no pé da serra do Araripe – e que mesmo na “descida”, as ações desta secretaria também não chegaram até nós...

(...) Todos os que estão aqui neste recinto sabem disso: ninguém é mais tocado pela mágica ‘do acreditar’ do que os que mexem com cultura. Dos que a vivem no seu dia-a-dia. Porque os quem a trabalham precisam necessariamente acreditar sempre, do contrário, não conseguem resistir a esta longa espera...

Acreditamos tanto, meu caro professor Pinheiro, ao ponto de presenciarmos agora mesmo, um companheiro usar deste microfone para solicitar de público aos que fazem esta secretaria de cultura do Ceará, que a partir de agora, passem a atender (pelo menos) os nossos telefonemas que vêem, sobretudo do interior do estado, uma vez que o acesso e o contato mais direto nem sempre é fácil. Outros cobrando pareceres, respostas de editais que ocorreram anos atrás...

Vejo aqui ao lado, o Sr. secretário anotando tudo o que aqui está sendo dito. Ora, porque o mesmo não pode também ser feito quando alguém telefona, manda e-mail, envia fax do interior? E logo depois pudesse ser enviada uma resposta? Coisas básicas e elementares.

Ouvi também o responsável pela COPAHC – Sr. Otávio Menezes dizer que sobrou dinheiro no departamento e teve que devolver, porque não tiveram projetos dos municípios. Quem diria... sobrou dinheiro e faltou projeto! Que contra senso! Sugiro que esta secretaria criasse, quem sabe, a partir de então, um núcleo de apoio técnico aos municípios no sentido de que a burocracia fosse diminuída e a formulação de tais projetos pudesse ser melhor encaminhada e articulada.

E eu, quero aqui dizer professor Pinheiro: que acredito. Acredito na força e na vontade do senhor de a partir de agora criar as condições necessárias para que a nossa cultura possa de fato acontecer muito mais na prática do que no papel. Digo, mais: não se preocupe muito com as criticas da imprensa... Porque muito mais que resposta e outros arroubos que a mídia gosta tanto, penso que as ações concretas e inovadoras que ajudem a alavancar e regatar a cultura cearense, muito especialmente do nosso interior possa falar mais alto acerca da sua capacidade e determinação a frente da Secult a que todos nós confiamos, porque sabemos da sua história, coragem e competência.

E o senhor assume hoje esta secretaria, diria, que num momento dos mais afirmativos, na presença de um auditório lotado de secretários municipais(que já é um bom sinal) e, por todos aqueles que verdadeiramente vivem e lutam por melhores dias para a cultura no nosso estado.

Mas, como o meu tempo(de fala)aqui é exíguo eu gostaria mesmo neste instante de fazer de público um verdadeiro pedido de socorro para que esta secretaria nos ajude a salvar o maior patrimônio histórico arquitetônico de todo o Cariri Oriental. Em off antes desta solenidade conversei rapidamente com o professor Pinheiro, inclusive mostrei-lhe as fotografias do atual estado do nosso casarão, para que ele sentisse o perigo que ronda aquela relíquia da história da nossa querida cidade de Aurora.

A cerca de quase dois anos a COPAHC a frente o Sr. Otávio Meneses (que está aqui) esteve por lá com toda a sua equipe. Mas, de lá pra cá nada tivemos de resposta. E agora o casarão não pode esperar. Está correndo um risco iminente de vir a baixo. Algo que não podemos nem imaginar.

Não queremos cultuar a memória do esquecimento. O que queremos é assegurar um pouco da nossa memória histórica como um farol a iluminar o futuro das novas gerações no tocante a preservação da sua própria história. Queremos, portanto, que a Secult nos ajude a salva aquele patrimônio de Aurora, do Cariri e do Ceará, antes que seja tarde demais.

A duras penas estamos fazendo a nossa parte, o Sr. prefeito logo no início da sua gestão comprara a velho casarão centenário no sentido de que o mesmo não viesse a ser destruído pela especulação imobiliária. Estamos executando o seu tombamento municipal, fizemos contatos com outros órgãos ligados ao patrimônio histórico, mas como todos os sabem por estas bandas do Brasil, as coisas demoram demais para acontecer. A Secult agora é a nossa luz do fim do túnel.

Aproveito (mesmo como o meu tempo estourado) para dizer também a Norma Paula que Aurora precisa igualmente de um ponto de cultura.

Quero enfim, sair daqui com esta certeza de que vocês nos ajudarão nesta nossa árdua empreitada à serviço da cultura e da história do nosso Cariri.

Que Deus ilumine a todos.

Muito obrigado.

...........................

LEIA MAIS EM:
www.jcaurora.blogspot.com
www.blogdaaurorajc.blogspot.com
www.prosaeversojc.blogspor.com
www.aurora.ce.gov.br
www.seculteaurora.blogspot.com

Nenhum comentário:

Google+ Followers