sábado, 8 de janeiro de 2011

OBITUÁRIO DA SAUDADE

Morreu em AURORA aos 58 anos a professora Neidinha Fernandes

Imagens: 1 e 2 - féretro. 3 e 4 na capital entre amigas( Neidinha com a marca vermelha)
F
aleceu na cidade de Aurora na noite da última quinta-feira(6) por volta das 21h aos 58 anos a professora Maria Aurineide Fernandes Peixoto(Neidinha Fernandes).
Aposentada pela rede de ensino estadual, a conhecida professora Nedinha ultimamente prestava serviços como coordenadora da Secretaria de Educação do município de Aurora .
A conhecida professora aurorense havia mais de 8 meses vinha lutando contra um câncer e terminou falecendo na noite de quinta-feira.
O falecimento de Nedinha abalou toda a população, vez que durante muitos anos atuou como uma das grandes protagonistas da educação do município, chegando inclusive a dirigir o colégio Monsenhor Vicente Bezerra do Araçá. Como professora Neidinha Fernandes lecionou ainda nos colégios, Paroquial, Monsenhor, Antonio Landim de Macedo e Paulo Gonçalves(Cnec).
Num clima de muita emoção e saudade várias homenagens foram feitas durante a missa de corpo presente ocorrida na igreja matriz do Sr. Menino Deus, onde um grande número de pessoas se fez presente, além de amigos, ex-alunos, profissionais da educação, parentes e familiares.
O enterro de Neidinha Fernandes aconteceu às 20 h da última sexta-feira no cemitério local.
Da Redação: Breve Relato -
Um pouco mais da Saudade de Neidinha:
Em Fevereiro de 2009 a Secretaria de Cultura participou com uma caravana de pessoas(entre artistas, artesãos e funcionários) da festa-noite de lançamento e posse da 1ª diretoria da então recém criada AFA-CE - Associação dos Filhos e Amigos de Aurora em Fortaleza. Naquela noite festiva a secretaria montaria uma exposição artística nas áreas da escultura, artesanato e pintura com obras exclusivas de talentos aurorenses.
Naquela entusiástica ocasião a professora Neidinha estivera conosco como convidada, ao lado das professoras Elizete, Cláudia, bem como Cícera Virgínia, Deise, além de outros componentes da Seculte e da AFA, tais como Cícero Cosme(violeiro), Arnaldo de Ingazeiras(pintor),Dil André(artesão), Vicente Bié(repentista), Hélio (motorista) como também deste secretário, Regina Célia e seu esposo Sebastião Maciel dentre outros.
Ficamos todos confortavelmente hospedados em aprazível chácara bucólica cedida pelos aurorenses proprietário da empresa Pena. E no dia seguinte todos fomos à praia num dos mais agradáveis e inesquecíveis momentos de alegria e descontração.
Presumo ter sido aquele o último evento de lazer no qual participara com sua energia amigável e feliz a nossa amiga Neidinha, visto que logo depois ficamos sabendo do seu problema de saúde. Hoje, em meio aquelas gratas lembranças, sentimos com imensa saudade que aqueles momentos se deram como uma verdadeira despedida. Neidinha estava, como sempre radiante de felicidade e irradiava alegria para os demais.
Conforta-nos pelo menos, neste momento difícil de intesa saudade e recordação, saber que a morte não é, senão o despertar para à eternidade. Uma transição. Portanto, haveremos de acreditar que nossa amiga Neidinha apenas partiu um pouco mais cedo. E, certamente estará ao lado do Pai rogando por todos nós até o dia da graça plena.
Nossas sinceras condolências aos todos os seus filhos e demais familiares.
*(Da Redação: José Cícero)
____
LEIA MAIS EM:

Nenhum comentário:

Google+ Followers