sexta-feira, 27 de maio de 2011

AURORA: produção de filme amador sobre a lendária estória de Vicente Finim está sendo finalizada

Por José Cícero


Imagens de alguns protagonistas do filme

A Triste Estória(sina) de Vicente Finim – O Filme.

Quase nada ou muito pouco a nova geração do presente já ouviu falar da triste e macabra estória relacionada a figura quase mitológica de Vicente Finim. Uma verdadeira lenda ainda hoje a povoar de temor, curiosidade e medo o imaginário coletivo do povo sertanejo, sobretudo os caririenses dessas bandas do Ceará, principalmente aqueles com mais de quarenta anos de idade.

Uma estória que no passado era utilizada pelos pais como um autêntico exemplo de como a desobediência e a mentira dentro do seio familiar poderiam serem transformadas em grandes e dolorosos castigos. Ainda, como uma “praga” pronunciada por uma mãe em relação aos filhos se transformaria de vez e para sempre numa coisa horrível. Uma verdadeira sentença de morte. Algo que, como aconteceu com o menino Vicente se perpetuaria pelos anos adentro como uma condenação. Um tormento que por anos a fio, brutalizou de forma dramática toda a vida daquele jovem que(por uma praga jogada pela própria mãe) passou virar bicho a cada sexta-feira correndo endiabrado as bibocas da caatinga interiorana do Cariri comendo a dente as criações dos chiqueiros(Porcos, sobretudo filhotes, galinhas, cachorros, pássaros, dentre outros animais domésticos). Contam que um dia, tivera pena de comer um recém-nascido, mas deixou o aviso para a mãe descuidada. Para que não mais deixasse a criança sozinha em casa. Não daria uma segunda chance...

E assim, segundo contam nas quebradas dos sertões, aconteceu um dia com o jovem “Vicente Finim” um garoto simples e pacato que vivia ajudando seus pais na dura lida da agricultura, na zona rural deste Cariri Oriental, provavelmente pra bandas da antiga serra de São Pedro(Caririaçu) na localidade de Veneza no extremo oeste entre os municípios de Aurora, Missão Velha na direção de Juazeiro.

Difícil naquele tempo era encontrar alguém que já não tivesse pelo menos ouvido falar nesta estória. Um verdadeiro mito narrado ainda hoje pelos sertões num misto de sobressalto e desconfiança.

Hoje são poucos os que ainda conhecem tal estória. Mesmo assim, o pouco que ainda resta da sua narrativa oral parece não mais inspirar nenhum temor e nem medo junto a juventude chamada pós-moderna quem sabe, acostumada demais com a grande tragédia atual do mundo. Onde a que tudo indica não existe mais lugar para estorietas como a do Finim. Talvez por isso ninguém mais se interesse pela utilização deste episódio com um instrumento de exemplo e correção para os filhos como era comum no passado. Tudo agora não passa de uma mera estória de trancoso, como dizem, sem nenhum sentido prático. A vida está se tornando cruel demais para que alguém possa sequer se importar com coisas reles deste tipo. Portanto, trate-se apenas de mais um ‘causo’ sertanejo que há muito caíra no mais completo esquecimento.

Foi assim. Está sendo assim.

A antiga estória de Vicente Finim, parece a cada dia fazer parte de um passado distante. Algo que para os jovens não faz nenhum sentido. Quem sabe, um velho instrumento lendário e pedagógico que caiu de vez no desuso e no ostracismo. Mais uma lenda a que quase todos chamam de “do tempo do bumba”.

Contudo, na ânsia de resgatar tal estória é que está sendo finalizado um pequeno filme – A Triste sina de Vicente Finim; Um curta de caráter amador dentro do projeto ‘Cine Sertão’ encabeçado pela secretaria de Cultura, Turismo e Desporto do município de Aurora.

Protagonizados por atores amadores, na sua maioria funcionários da própria secretaria. O chamado set de filmagem aconteceu no antigo casarão onde um dia viveu o patriarca da família Leite – o Seu Vinô Leite, um pouco afastado da cidade.

A Seculte-Aurora pretende promover em meados do próximo mês uma sessão especial de lançamento do referido filme. Uma verdadeira ‘van premier’ que será franqueada a todos aqueles que desejarem conhecer um pouco mais acerca da velha e palpitante estória de Vicente Finim, agora encenada por atores e atrizes amadores(as) de Aurora, segundo afirmou o secretário. “ Também tentaremos viabilizar a exibição deste trabalho nas escolas e nas praças públicas tanto da sede quanto dos distritos”, disse.

Da Redação do Blog da Aurora e da Seculte.

______

SERVIÇO:

“A Triste Estória e Sina de Vicente Finim – O Filme.

Direção: Erivan de Lavor -Seculte.

Filmagens: Aldo Rangel(Pitbull), Pedro Vitor.

Elenco:

Célia Lucena, Lamack Dias, Zé Pelado, Gimison e Joana Maria.

Cenário e Música: Alcione Pereira.

Direção de fotografia – Lamack e Alcione.

Auxiliares: Afonso Jr e Joana Maria,

Sonorização e edição de Lamarck Dias.

Roteiro e música: Alcione pereira.

Assista treiller do filme em:

www.eitaaurora.com

www.prosaeversojc.blogspot.com

www.jcaurora.blogspot.com

www.aurora.ce.gov.br

www.blogdaaurorajc.blogspot.com

www.seculteaurora.blogspot.com

Nenhum comentário:

Google+ Followers