quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Aurora inicia discussão para a elaboração do Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS).




Município de Aurora iniciou nesta quarta-feira as discussões com vistas a elaboração do seu Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS).
Com um encontro ocorrido na manhã desta quarta-feira, 04 no auditório Marcolino Lira do STR a cidade de Aurora deu o primeiro passo importante com vista a elaboração do seu Plano local de Habitação de Interesse Social (PLHIS).
O encontro contou com as presenças do vice-prefeito do município, Antonio Landim; vereadores, secretários municipais; assessores; assistentes sociais; psicólogas; representantes de associações comunitárias; da Secretaria de Educação do município; do CSU (Centro Social Urbano); do CRAS (Centro de Referencia da Assistência Social); do STR (Sindicato dos Trabalhadores Rurais; entre outros. Já o prefeito Adailton Macedo, que estava viajando à serviço da gestão, não pode comparecer ao acontecimento.
O evento:
A parte explanativa ficou a cargo do urbanista Lucas Gomes, acompanhado do professor Emanuel Souza, representantes da empresa de Consultoria Projeto3, ligada ao Ministério das Cidades. “O referido plano é rerramenta importante com vista a detectar as necessidades habitacionais do município, além do ponto de partida para da sua efetiva inserção em um Programa Nacional que proporcionará os investimentos necessários para a melhoria das condições de moradia popular de Aurora”, disse o palestrante durante a sua fala.
E completou: “O Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS) é o planejamento para as ações que cada município brasileiro deverá executar no setor de habitação. Devendo ainda apontar caminhos para que o município possa propor, incentivar e executar ações que venham a melhorar a vida de seus habitantes”.
O plano deverá contar com os esforços não apenas da administração pública, mas inclusive de toda a sociedade civil organizada e a população de um modo geral, finalizou. O enfoque para as necessidades da zona rural deverá ser também objeto de discussão dentro do contexto da confecção do referido plano.
Reunião na sede da SECULTE para capacitar comissão:
No período da tarde, os representantes do Projeto 3 promoveu na sede da Secretaria de Cultura do município uma pequena capacitação junto as pessoas que comporão a comissão responsável pelo processo de acompanhamento e monitoramento durante a elaboração e execução do plano local.
A citada comissão contará com a participação de representantes dos mais diversos setores da administração pública e da sociedade civil organizada.
Os integrantes da empresa ficaram bastante empolgadas com o nível do debate que se travou em torno dos temas a serem focados, assim como com o nível de organização administrativa da cidade, quando oportunamente elogiaram a performace e a elegância conferida a sede da secretaria de Cultura, Turismo e Desporto(Seculte).
Após a reunião da Seculte a equipe do Projeto3 acompanhada de alguns representantes da gestão municipal visitaram cários pontos da cidade, incluindo as obras em andamento, ruas os bairros.
Da Redação::::
LEIA MAIS EM:

Nenhum comentário:

Google+ Followers