sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Seculte-Aurora pretende resgatar antigo Reisado aurorense

Uma das últimas apresentações do Grupo de Reisado de Aurora em nov.92 sob o comando do mestre Arthur(em pé) e o falecido Zé Melé( no cavaquinho sentado de costas)Secretário de Cultura prof. José Cícero ao lado do mestre Arthur na sede da Secretaria de Cultura/Aurora-Ce.



Finado Zé Melé ( acima), Jean Charles, Mestre Arthur e Pedóca André na sede da Seculte-Aurora(abaixo)

Dentre em breve a Secretaria de Cultura e Esporte do município(Seculte) estará reunindo os últimos remanescentes do antigo grupo de Reisado de Aurora. Ocasião em que será discutido e apresentado o projeto “Expressões Populares”, que tem como meta resgatar algumas das manifestações populares de Aurora, a começar pelo Reisado, por ser esta uma das mais belas e tradicionais manifestações cultutais da região. Com foco no outrora famoso grupo de Reisado local, que nos anos idos animou as inesquecíveis festividades de "Folia de Reis".

A proposta conforme o secretário da pasta José Cícero será, dentro do possível, tentar resgatar, preservar e transmitir às gerações do presente e do futuro este conhecimento cultural que aos poucos vai se perdendo no tempo e no espaço contemporâneo. “O reisado constitui uma autêntica manifestação da nossa cultura popular que está correndo sério risco de desaparecer, assim como muitas outras manifestações artísticas e brincantes tradicionais dos nossos sertões que já se extinguiram(infelizmente) por completo" disse ele.
Cumpre destacar, inclusive, que o Reisado é apenas uma das manifestações que fazem parte da memória afetiva, histórica, assim como do imaginário popular de gerações inteiras do nosso passado, conclui. Iremos conclamar a todos para um encontro inicial, verdadeiro congraçamento de gerações...Uma pequena homenagem a estes autênticos artistas do povo e do nosso passado, explicou.

Mestre Arthur é recebido na Seculte-Aurora:

Com este objetivo, o secretário JC recebeu na manhã desta sexta-feira(10) na sede da Seculte-Aurora, o mestre-brincante Arthur. Um dos mais famosos e conceituados chefes de grupo de Reisados do município. Além de narrar belas histórias acerca das atuações do tal ‘grupo de mateus’, assim como dos seus velhos integrantes, o mestre Arthur falou ainda de lembranças, assim como das passagens marcantes do movimento, inclusive da excursão que realizou no início dos anos 70 em Fortaleza, sob os auspícios do então prefeito B. Santos. Falou de saudades, mas com um jeito sempre altivo de acreditar no futuro...

Todo o conhecimento, a dança, a vestimenta, a brincadeira e as músicas estão bem guardas na minha cabeça” enfatizou o mestre Arthur durante a conversa com o secretário José Cícero. "Vi nos olhos assim como nas palavras do nosso mestre aquilo que noa animas a seguir sempre em frente: o otimismo. Tentaremos juntar num só espaço artístico os decanos do reisado aurorense com jovens que aspiram aprender este conhecimento cultural que por anos a fio marcou profundamente o cotidiano social do nosso passado. Finalizou o chefe da Seculte. Com o apoio decisivo do nosso prefeito Adailton Macedo, que por sinal tem sido muito aberto para as questões cultuarais, acreditamos que este é um projeto possível, justo e necessário, disse.
..........................................
Da Redação do Blog de Aurora e Da Seculte.

LEIA MAIS EM:

WWW.jcaurora.blogspot.com

WWW.prosaeversojc.blogspot.com

WWW.aurora.ce.gov.br

WWW.seculteaurora.blogspot.com

www.blogdaaurorajc.blogspot.com

Fotos: 1- 3 : Vídeo A. Maciel - Nov.1992
2 - 4 - 5 - 6 : J.Charles/Seculte-2012
Em Tempo:
Nas possíveis transcrições das nossas matérias - solicitamos impreterivelmente a citação da fonte, autoria e crédito das imagens.

2 comentários:

vanilda disse...

Esta matéria, muito me emocionou.
Por duas ou mais vezes,não lembro bem,fui a Folia de Reisado na companhia do meu querido saudoso Pai,no próprio Sítio Martins.
Que saudade!!!
É muito gratificante saber que pessoas de coragem e determinação, lutam pela cultura popular e valorização do seu povo.
Parabéns e muita luz em seu
caminho.
Vanilda SP.(aurorense)

Wagner Layb disse...

Vejo a cultura hoje em dia como um meio de remar contra a maré, ou seja, desafia o tempo natural das coisas. Cultura ao meu ver é isso! É não deixar morrer o que aos olhos de muitos já está morto. Levando em conta acima de tudo a pureza do fazer acontecer e do fazer valer cultural.
Desejo de todo o coração que danças sejam resgatadas, que pessoas sejam cada vez mais valorizadas pelo valor cultural que levam consigo, que músicas e sons sejam renascidos, que instrumentos não enferrujem e que nunca a importância e/ou definição política que cada um trás consigo seja maior do que o seu valor artístico-cultural.
É importante o resgate com cada um dos brincantes que ainda estão vivos! Pois viveram e sentiram a emoção da arte, do canto e da dança em seus corpos como nenhum observador ocular viera a sentir. É importante também repassar para novas gerações a prática. É mais importante ainda atitudes como essa, de resgatar, fazer renascer... Atitudes que nem sempre são valorizadas, ou até mesmo são confundidas com interesses politiqueiros, mas ora, na arte não pode caber esse pensamento! Suponho e penso que a arte é sinônimo de amor, de amor à memória, de amor ao ser, de amor a própria arte, de amor ao fazer! Desejo profundamente que o que tiver de ser resgatado, seja! Independente de qualquer pequena/pobre coisa! E seguindo o exemplo dado, que seja resgatado com as mesmas "peças do tabuleiro"! Parabéns!!! E que esse seja o primeiro de muitos resgates que sei que com o tempo virão e terão de acontecer! Um grande abraço!

Google+ Followers