quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

AURORA: Vazamento de tubulação de água da Cagece começa a danificar rua do bairro Araçá


Um buraco aparentemente simples provocado pelo vazamento da tubulação da rede de água da CAGECE vem causando transtornos aos moradores da rua Cícero José do Nascimento no bairro Araçá. Localizado por trás do fórum judiciário num local de grande fluxo de veículos e de pedestres, o vazamento só cessa nos dias que falta água nas torneiras.
Contudo, o problema não se resumo apenas ao vazamento que, por sua vez, se constitui com um grande desperdício, mas soma-se a isso, os estragos que vêm provocando no calçamento da rua, desde o local até a esquina de acesso a rua Da Cerâmico(Nereu Gonçalves). Uma vez que com a água escorrendo a céu aberto, o tráfego de veículos, inclusive pesados, vem danificando a pavimentação daquela artéria.
De modo que em vários pontos o calçamento está afundando e o cimento que adere os paralelepípedos está sendo destruído. Do lado esquerdo da mesma rua é ainda possível se verificar o esgoto escorrendo. O correto seria que estivesse ligado a tubulação interna daredede esgoto.
É notória portanto, a falta de fiscalização para com esta problemática. Esta incumbência teria que ser prioritariamente da Cagece, uma vez que a população paga pelos serviços de água e de esgoto. Nos dias de chuva o problema se agrava ainda mais.
O escritório do órgão local até o momento não tomou nenhuma providência. Mesmo o município dispondo de um açude considerável em volume de água com o Cachoeira a cidade tem ainda, vez por outra, de enfrentar além de repetitivos vazamentos, a falta do precioso líquido.
Os consumidores, notadamente do Araçá vêm pagando, uma taxa de esgoto das mais exorbitantes, isto é, em 100% do consumo relacionado a água. Portanto, exigem providências imediatas.
Como se não bastasse, é também comum em diversas ruas a existências de esgotos domiciliares escorrendo sobre o leito do calçamento. “Se estamos pagando a taxa de esgoto, não podemos aceitar como natural que os esgotos continuem escorrendo a céu aberto nas nossas portas. Até porque também constitui um problema de saúde pública, além de enfeiá-las com o lamaçal e fedentina."
Como se trata de uma concessão pública, os serviços de águas e esgoto, explorados pela CAGECE, precisam ser fiscalizados e reivindicados no sentido de que o órgão responsável possa melhorar o seu trabalho em prol da saúde e do bem-estar de toda a população.
Sem esquecer que água é um bem social de modo que sua exploração precisa ser melhor disciplinada com um serviço essencial para a sociedade.
Num momento crucial por que passa a humanidade com relação as questões ambientais e, sobretudo no tange a àgua, Aurora tem que dá um bom exemplo. Por coseguinte, não disperdiçando tanta água, justamente pela Cagece.
Da Redação:
LEIA MAIS EM:

Nenhum comentário:

Google+ Followers