quarta-feira, 16 de setembro de 2015

TERRENO DA ANTIGA REFFESA É INVADIDO NAS PROXIMIDADES DA ESTAÇÃO DE AURORA.



Desde as primeiras horas desta terça-feira(15) que um grande número de pessoas deu início à INVASÃO dos terrenos em torno da linha férrea situados dos dois lados da estação ferroviária na cidade de Aurora. 
Pertencente à antiga rede ferroviária federal s.a - Reffesa, a vasta área que, inclusive, ainda se encontra com a malha ferroviária quase intacta, está agora toda delimitada por cordas, arrames e estacas de madeira( ver fotos), ou seja, dividida em pequenas glebas pelos moradores que se dizem não possuir casa própria.
Ninguém sabe ao certo, o que de fato motivou a invasão ainda pelo começo da madrugada. Há quem diga que o ocorrido, não se restrinja apenas ao centro da cidade, mas inclusive, em boa parte da linha de ferro  já fora dos limites urbanos.
Até o momento nenhuma autoridade do município ou da rede ferroviária se manifestou acerca do acontecimento, uma vez que o terreno corta praticamente a cidade ao meio, isto é, separando o bairro Araçá (o mais populoso de Aurora) do centro da cidade.
O fato é preocupante tendo em vista que o terreno está localizado praticamente no meio da cidade. Constituindo uma área das mais nobres e estratégicas para o processo de melhoramento urbanístico e de acesso viário. 
Dentre as críticas, algumas são preponderantes quer sejam a ausência de um pronunciamento das autoridades acerca do fato, como também a notícia de que muitas pessoas que participaram da invasão possuem casa própria, condições financeira estáveis, além de outras que conforme informações já estão vendendo os espaços para terceiros.
REPRESENTANTE DA TRANSNORDESTINA: 
Cumpre destacar que na manhã de hoje(quarta-feira, 16) um representante da transnordestina e da CFN  esteve em Aurora ocasião que conversou com um grande número dos que invadiram o local. O mesmo prestou esclarecimento sobre o ocorrido pondo em relevo a questão da ilegalidade da invasão. Além de solicitar a imediata retiradas dos piquetes em torno da malha ferroviária o representante fez imagens do local invadido no sentido de utilizá-las caso seja preciso uma intervenção judicial. Alguns retiraram os marcos, a maioria no entanto ainda permanece com o cerco da área.
> www.blogdaaurorajc.blogspot.com
Da Redação do Blog da Aurora.

Nenhum comentário:

Google+ Followers