terça-feira, 12 de junho de 2012

AURORA participa de Audiência Pública na AL para discutir Plano Estadual de Cultura e Adesão dos Municípios do CE ao Sistena Nacional

Audiência pública: auditório das Comissões Técnicas da Assembléias Legislativa do CE.






O município de Aurora se fez representar na última segunda-feira(11) em Fortaleza pelo secretário de cultura e esporte do município prof. José Cícero(foto acima) durante a audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, para debater a construção do 'Plano Estadual de Cultura e a adesão dos municípios cearenses ao Sistema Nacional de Cultura'.
A audiência foi convocada pelo presidente da Casa deputada Roberto Cláudio, através da presidência da Comissão de Cultura e Esporte da Assembléia, à frente o deputado Ferreira Aragão, em atendimento ao requerimento feito pelo parlamentar Paulo Facó.
Secretários de cultura de vários municípios cearenses, agentes culturais, artistas e demais atores do movimento cultural do Estado estiveram presentes a audiência, no sentido de discutir os rumos e a construção do plano estadual de cultura e seus desdobramentos futuros.
Além do presidente da Comissão de Cultura e Esporte da Assembléia Ferreira Aragão. que inclusive presidiu a abertura dos trabalhos; estiveram também compondo a mesa, os deputados estaduais: Professor Pinheiro(ex-secretário de de cultura do Estado), Paulo Facó, autor do requerimento da sessão e Antonio Carlos - atual secretário da Secult-CE; recentemente empossado pelo governador Cid Ferreira Gomes.
Também participaram do acontecimento, a professora Vânia Dumar do Conselho Estadual de Cultura, Norma Paulo(Secult) representante dos pontos de cultura, Izabel Cristina do centro cultural Dragão do Mar, Kelsen Bravos(coletivo de cultura), dentre outros ativistas culturais do Ceará, dentre outros convidados.
Segundo destacou o secretário José Cícero(foto), que inclusive participou ativamente dos debates ao fazer uso da palavra, ressaltou dentre outras coisa; a importância do evento para a devida construção de um plano estadual de cultura realmente coletivo, participativo e democrático. Um instrumento, segundo ele, que ao contrário do passado não seja produto dos gabinetes, mas sim, dos que vivem, sentem e fazem com garra, amor e otimismo a cultura pulsante do Ceará, nas suas múltiplas linguagens, desde o litoral até os grotões interioranos mais longínquos. No mais das vezes esquecidos, mas que prosseguem assim mesmo resistindo bravamente, disse.
Um plano conforme ele, que rompa de vez com as velhas amarras discriminatórias e outras mazelas do gênero. Que consiga pot fim, fazer da cultura uma necessidade social e até estratégica para o futuro e o crescimento do país, assim como é a educação a saúde etc. Diante de um planejamento estratégico que possa se transformar numa prioridade nacional e que para tanto, seja destinado um aporte financeiro capaz de promover uma verdadeira revolução cultural. E que a cultura por fim, seja uma política não apenas de governo, mas de estado.


Objetivos do processo de construção do Plano Estadual de Cultura:

Conceber estratégias para planejar o desenvolvimento cultural de um estado de forma participativa e democrática; Estimular alianças de cooperação, parcerias e transferência de tecnologias sociais. Capacitar, mobilizar e fortalecer os atores socias que transitam em torno do setor cultural; dinamizar e qualificando o processo de mobilização e participação social e cidadã por meio de estratégias construídas à partir das pontencialidades regionais e estaduais; estabelecer um processo de reflexão coletiva sobre o presente e o futuro do setor cultural.
-----------------------------------------------------------
Da Redação do Blog da Seculte e do site Cariri de Fato.
LEIA MAIS EM:

WWW.jcaurora.blogspot.com

WWW.afaurora.blogspot.com

WWW.blogdaaurorajc.blogspot.com

WWW.prosaeversojc.blogspot.com

WWW.aurora.ce.gov.br

WWW.cariridefato.com.br

WWW.seculteaurora.blogspot.com

Um comentário:

vanilda disse...

É muito gratificante poder ler, ver, ouvir e sentir mudanças de melhorias em um lugar que quase se afogou em discriminações e outras mazelas, como diz o próprio texto.
E é a mais pura verdade! Como era Aurora? Hoje, como vemos Aurora?
Quanta coisa boa acontece contribuinddo assim, para o bem estar da população.Graças a grandes heróis! Sem essa força, essa coragem presente, nada disso seria possível!
Portanto guerreiros, parabéns e muita luz em seus caminhos. Que Deus lhes proteja sempre!
Vanilda SP.(aurorense)

Google+ Followers