quarta-feira, 13 de julho de 2011

Morreu “Bastim” de Luiz de Deus...

Por José Cícero

Morreu nesta manhã molhada d’Aurora
a última das nossa figuras populares – Bastim.
Partiu para o além-fronteira da vida.
nosso mascate da alegria ambulante.
Aquele que os meninos da rua apelidavam de “Paraguai”.
Morreu “Bastim” de Luiz de Deus.
Bastim do Araçá.
O dançarino das festas das praças
que às vezes se vestia como um verdadeiro Samurai.
Aquele que apreciava tanto uma “bicada”
e que no mais das vezes, exagerava,
além da conta.
E assim adormecia embriagado pelas calçadas.
Bastim a que todos o tinham como um louco,
mas não sei ao certo se de fato o era.
Era apenas um diferente...
Acaso quem mais louco seria?
os que se acham lúcidos e são imbecis.
os pseudo-ajuizados que ora fazem mal aos outros
e a sociedade como um todo...
ou o velho “Bastim” que só nos faziam alegria?
O que sei de fato e asseguro,
é que 'Bastim' de Luiz de Deus nunca fez mal
a uma mosca.
E que por isso mesmo
sei que estará a partir de hoje
certamente dançando alegremente
como fez sua vida inteira
lá em cima ao lado do Pai.
E uma vez no céu...
Quem sabe Deus,
não permitirá que mais ninguém
o chama de novo de “Paraguai”.
...............................
LEIA MAIS EM:

www.jcaurora.blogspot.com
www.prosaeversojc.blogspot.com
www.seculteaurora.blogspot.com
www.aurora.ce.gov.br
www.blogdaaurorajc.blogspot.com

Nenhum comentário:

Google+ Followers