sexta-feira, 21 de junho de 2013

Engenheiro realiza 1ª avaliação técnica com vistas a recuperação do antigo casarão do Cel. Xavier

Casarão centenário do Cel Xavier (antiga Cnec) ao lado da matriz
Engenheiro Dr. Marcelo e o secretário José Cícero na cozinha do casarão
Estrago nas paredes internas e no telhado
Engenheiro observa as condições estruturais do velho prédio
No sobrado - parte superior do casarão

Dr. Marcelo com o sec. JC nas escadarias
Com o intuito de iniciar as obras de recuperação do centenário Casarão do coronel Xavier(antiga Cnec), o prefeito Adailton Macedo vem empreendendo esforços no sentido de viabilizar  o quanto antes a  revitalização daquele equipamento que, na opinião do secretário de cultura José Cícero constitui um dos mais importantes patrimônio histórico-arquitetônico do município. 
Edificado no início de  1831 mesmo antes da própria matiz, pelo fundador de Aurora, o velho casarão além de recuperado estará em breve sendo tombado através de projeto de Lei, disse.
Arq. JC com o Dr. Luiz Alves
Com este objetivo, o   engenheiro Dr. Marcelo, ao lado do secretário JC esteve visitando na última sexta-feira(21) as dependências físicas do casarão para as avaliações técnicas iniciais. Principalmente no tocante as condições da atual estrutura do edifício.
O prefeito Adailton conseguiu junto ao deputado federal Mauro Benevides(PMDB) uma emenda orçamentária no valor de duzentos e cinquenta mil reais que será utilizada nas obras de recuperação do prédio. Quando pronto, o mesmo será transformado no centro cultural Aldemir Martins abrigando dentre outras coisas, o museu municipal, a escola de música maestro Esmerindo Cabrinhas e oficinas de artes e ofícios. Ainda em 2010 o prefeito Adailton Macedo havia efetuado a compra do casarão centenário, num claro esforço
de preservaçãoà memória histórica de Aurora. O mesmo foi feito com a antiga casa do Angente da Reffesa que hoje sedia a secretaria de Cultura e Turismo do município. Neste mesma linha, encontra-se em processo de aquisição junto ao IPHAN a aquisição do prédio da antiga estação ferroviária que será transformada num café cultural homenageando o historiador aurorense Amarílio Gonçalves Tavares, assim como o poeta Francisco Leite Serra Azul.
Serviço:
O referido Casarão foi construído no começo do ano de 1831 pelo coronel Francisco Xavier de Sousa, tido como o fundador de Aurora. Trata-se portanto,  do mais importante patrimônio histórico e arquitetônico de município. 
Na época em que foi erguido (no século XVIX)  foi considerado de longe uma das mais importantes edificações de todo o Cariri Oriental. Um verdadeiro símbolo de poder e de riqueza, tão comum na época pelos chamados coronéis dos sertões. 
De modo que,   é justo afirmar que parte considerável da história de Aurora e da região ou passou pelo casarão, ou teve nele próprio um inegável testemunho.(jc)
........................
Da Redação do Blog de Aurora e da Seculte.
Fotos: J. Silva e arquivo JC/Secult.

Nenhum comentário:

Google+ Followers