terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Colégio Monsenhor não terá seu horário noturno este ano

Diretora Edvânia Tavares fala aos presentes
Professor José Cícero no momento da sua fala

Pais e mães de alunos presentes
Na última segunda-feira(14) a escola Monsenhor Vicente Bezerra do bairro Araçá - o mais antigo educandário de Aurora com mais de 80 anos de existência, reuniu seu núcleo gestor, professores e pais de alunos para anunciar o não-funcionamento este ano do horário noturno. Na oportunidade estiveram presentes duas representantes do Crede-20 da cidade de  Brejo Santo.
A notícias além de pegar de surpresa toda a comunidade e o segmento estudantil, também não agradou os pais de alunos e, tampouco os professores da referida escola. Agora os estudantes, conforme a orientação do Crede, tanto da zona rural quanto do bairro Araçá onde o estabelecimento está  localizado deverão ser matriculados no colégio estadual José Pinto Quezado na vila Paulo Gonçalves, do outro lado da cidade numa distância bastante considerável.
Durante as discussões o secretário de cultura do município José Cícero, também morador do bairo e que por anos lecionou no colégio Monsenhor protestou contra a decisão que, para ele, veio de cima para baixo e não leva em conta os interesses da população mais p´roxima da escola". O colégio monsenhor é um dos nossos mais antigos estbelecimentos de ensino não apenas de Aurora, mas de toda a região do Cariri Oriental. Portanto, com um invejável  retrospecto de renome e tradição na educação aurorense. Um dos nossos maiores patrimônios. Não merecia este tipo de tratamento, posto que há outros aspectos a serem considerados, tais como ainda o seu valor afetivo, histórico, humanista e social", disse. 
Os pais de alunos, notadamente do bairro Araçá também fizeram questão de mostrar contrariedade contra tal decisão."Não tenhamos nenhuma ilusão, o fechamento do horário da noite é apenas uma medida, cuja intenção principal é fechar esta escola quem sabe já no próximo ano. Temos que tomar nas mãos a defesa em um movimento para a permanência desta escola", disse o professor José Cícero. No encerramento outros professores do Monsenhor também fizerm uso da palavra, além da atual diretora professora Edvânia Tavares e as representantes do Crede-20, diretores da escola Técnica, bem como os pais de alunos presentes ao encontro.
..........................
Da Redação
Leia mais em:
www.cariridefato.com.br
www.jcaurora.blogspot.com

Nenhum comentário:

Google+ Followers