quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Literárias: Água, água, água...

Água...
Correnteza de felicidade.
Hídrica calma
Quintessência da vida
Que nos inunda a alma.
Onde se afoga
E se aplaca
O pueril pecado
E todas nossas mágoas.
Água..
Oceanos imensos
Correndo em nossas veias.
Rios de fertilidades.
Luas em cheias
Perenes fantasias
Represadas,
No mar imenso
Como se fossem
as nossas próprias lágrimas.
Água...
Esperanças renitentes
Árvores frutificadas
Em plenilúnio gotejante
Pródigas sementes
No chão plantadas.
Colheitas do eterno pão
Chuvas de prata
Alimento da multiplicação
Lavando a íris dos olhos
das crianças,
Límpida benção
Dos deuses.
Milagre cristalino
Espetáculo de contemplação.
a ocorrer em nossas mãos
onde tudo se represa
e se deságua.
Água...
Símbolo da vida
Ecossistemas da Terra.
Sustentados.
Dádiva planetária
Em harmônica comunhão
Com a flora e com a fauna.
Líquida substância.
Química essencial
Que a tudo forma.
Claro prodígio
que nos sacia
Nuvem de presente
Que nos anima
Assim como
a existência humana
Natureza em oblação:
Água, água, água...

Por: José Cícero
In minhas Metáforas Cotidianas
2010 inédito
Leima mais em:



sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Os Discos Voadores: História e Imaginário...

Governo Britânico libera mais de seis mil páginas sobre objetos voadores não-identificados e reascende a curiosidade por um dos temas mais curiosos da história cultural e política contemporânea.
Entre 1993 e 2002, a série americana de TV "The X-Files" (Arquivo-X no Brasil, Ficheiros Secretos em Portugal) conquistou diversos prêmios e milhões de fãs em todo o mundo com a temática dos discos voadores, seres extraterrestres e intricadas teorias conspiratórias do governo americano.
Na última semana, porém, a ficção parece ter se confundido com a realidade e com a história.
Conforme noticiado pela mídia, o Ministério da Defesa e os Arquivos Nacionais da Grã-Bretanha divulgaram mais de 6 mil páginas de relatos de aparições de Objetos Voadores Não-Identificados (OVNIS), produzidos entre 1944 e 2000.Dente os documentos, alguns se destacam. É o caso de um memorando que revela como o ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill manifestou curiosidade sobre “discos voadores” e pediu um briefing aos seus ministros sobre o assunto. Há ainda relatos que falam sobre a aparição de OVNIS que sobrevoaram o campo do clube de futebol Chelsea e a residência de um ex-ministro do interior, Michael Howard.Homenzinhos verdes ou apenas o desejo de acreditar? Seja qual for a resposta, os “discos voadores” já fazem parte do imaginário contemporâneo há um bom tempo. Durante a Segunda Guerra Mundial, por exemplo, aviadores alemães e ingleses relataram contato visual com diversos objetos estranhos no céu, aos quais deram o nome de “Foo Fighter” (“Guerreiro Fantasma”).
Pouco depois da Guerra, um episódio que mudaria para sempre o imaginário ocidental sobre os Ovnis. Em 24 de junho de 1947, o empresário norte-americano Kenneth Arnold (1915-1984) pilotava seu avião particular pelos arredores de Washington, quando foi surpreendido por estranhos objetos voadores não-identificados. Segundo Arnold, eles tinham uma forma parecida com a de bumerangues e faziam movimentos ondulares, semelhantes ao que acontece quando se joga um disco na superfície da água. Horas depois, a história do empresário estava nos jornais, mas o jornalista que primeiro deu a notícia compreendeu o relato de maneira errada e publicou que os objetos tinham a forma de disco. Surgia, então, a famosa expressão “discos voadores” (“flying saucers”). Nos anos seguintes, o relato de Arnold produziu uma série de tensões no contexto da Guerra Fria, URSS e EUA acusando-se mutuamente de realizar experimentos secretos.
Por parte da historiografia, os discos voadores também são temas de estudo. Rodolpho Gauther Cardoso dos Santos escreveu a dissertação “A Invenção dos Discos Voadores – Guerra Fria, Imprensa e Ciência no Brasil (1947-1958), pela UNICAMP/FAPESP. O autor publicou, inclusive, em outubro de 2009, um interessanteartigo sobre o assunto na Revista de História da Biblioteca Nacional, no qual discute como imprensa e política estão relacionados aos relatos de Ovnis. Na revista, pode ser encontrado ainda outro texto sobre o tema, de Rodrigo Moura Visoni, Segundo-Tenente Arquivista do quadro complementar da aeronáutica: “Censura ou Sigilo”. São duas boas leituras para quem pretende explorar academicamente o assunto.
No Brasil, os Ovnis possuem um episódio bastante conhecido, registrado logo após o fim da Ditadura Militar. No dia 19 de maio de 1986, cerca de 21 objetos voadores não-identificados sobrevoaram o espaço aéreo brasileiro, sendo detectado por várias estações de radares, incluindo diversos aeroportos e o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta), em Brasília. Três caças Mirage e dois caças F-5 que decolaram para interceptar os Ovnis também fizeram contato visual com os objetos. O caso sacudiu o país e gerou uma declaração formal dos militares brasileiros, que reconheceram pela primeira vez na História do Brasil os desconhecidos objetos voadores.Misturando-se com crenças, com o imaginário popular e até mesmo com a política. Assim são os relatos dos discos voadores ao longo da história. E verdade ou mentira, o Café História preparou algumas sugestões de vídeos históricos sobre o assunto. Será que pipoca combina com café? Bom, faça um teste e assista a lista abaixo!
Reportagem do Programa Fantástico (Rede Globo) sobre os eventos de 1986.Em 1938, Orson Welles produziu uma transmissão radiofônica intitulada "A Guerra dos Mundos", provocando histeria dos ouvintes.
Leia mais em:

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Município leva jovens violeiros para a TV Verde Vale




Imagens do stúdio de apresentação ao vivo da TV Verde Vale-JN
A secretaria de Cultura de Aurora no último domingo que antecipou o carnaval levou para uma apresentação na TV Verde Vale de Juazeiro do Norte o violeiro mirim de Aurora – Alex das Oiticicas, um jovem talento do repente de apenas 7 anos. Além do repentista novel também fizeram parte da equipe a dupla de repentistas Cícero Cosme e Vicente Bié juntamente com o secretário da pasta professor José Cícero.
Os poetas populares de Aurora participaram do programa dominical da emissora caririense – 'Ceará Diverso', que é apresentado por Vandinho Pereira.
“Foi uma apresentação rápida vez que o “Ceará Diverso” tem a duração de apenas uma hora, porém foi importante uma vez que dimensiona os nomes dos nossos principais artistas que estão despontando para uma arte tão nobre que é o repentismo caboclo”, afirmou o secretário. “E diga-se de passagem, que estas apresentações ajudam também a criar nos nossos jovem talento um maior apego ao fazer artístico, agora que a carreira da viola passou a ser uma profissão reconhecida pelo presidente Lula, cuja lei que dar direito à aposentadoria foi recentemente sancionada pelo presidente da república. Vamos continuar dando o apoio necessário para que a arte e os artistas da nossa terra possam galgar novos espaços e mostrar todo o seu talento, onde for possível e sempre que necessário”, finalizou.
Durante as apresentações dos violeiros de Aurora na Verde vale, também se apresentaram a renomada dupla de poetas: Silvino Granjeiro e Francinaldo Oliveira, que inclusive ficaram admirados com a surpreendente veia poética do garoto aurorense.
Da Redação::::
Leia Mais em:
http://www.jcaurorablogspot.com/

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Morte da jovem Nayane comove comunidade de Aurora

Por José Cícero*

A morte da jovem estudante Nayane Helen de apenas 15 anos ocorrida na última sexta-feira, (5) em Fortaleza onde se encontrava hospitalizada em estado grave comoveu toda comunidade de Aurora. A conhecida jovem aurorense foi vítima de hepatite tipo C, enfermidade que de forma rápida provocou o óbito da estudante logo após ter chegado da capital paraibana onde havia estado por treze dias em férias escolares.
Inicialmente atendida na cidade de Juazeiro do Norte o estado da jovem aurorense piorou, tendo que ser transferida às pressas para Fortaleza. Com a rápida evolução do quadro, nada pode ser feito pela medicina, vindo a óbito nas primeiras horas da última sexta-feira (5). A notícia do seu falecimento foi um verdadeiro choque. De modo que na cidade não se fala noutro assunto.
O sepultamento aconteceu na manhã de sábado(6) após a missa de corpo presente na igreja matriz, onde uma verdadeira multidão compareceu ao local para dar as últimas despedidas a Nayane.
Além da matriz, ruas inteiras ficaram lotadas por amigos, familiares, conhecidos e curiosos. Vários estudantes, principalmente do colégio Monsenhor Vicente Bezerra onde a garota estudava também se fizeram presentes ao féretro. Boa parte dos educandários locais decretou feriado em memória da estudante.
Foi um momento de grande comoção, desde a missa na matriz até o cortejo em direção ao cemitério.
Nayane acabara de concluir o nono ano e já se preparava para adentrar o ensino médio. A saudade agora tomou conta do educandário onde a jovem estudava, assim como de boa parte do bairro Araçá onde residia.
Durante a missa muitas homenagens foram feitas, por colegas de escola, amigos, parentes e familiares da jovem. Inclusive pelos atletas do Araçá Esporte Clube – time em que o pai de Nayane era treinador.
Nota do Editou:
Foi com a maior das surpresas que tomamos conhecimento do estado de saúde de Nayane e, em seguida, para nossa tristeza do seu desencarne. Um infortúnio que nos deixou por demais tristes e abalados, afinal de contas trata-se de uma garota ainda na flor da idade. Uma jovem por quem a vida e o futuro estavam apenas começando...
Acontecimentos como este sempre mexe com os sentimentos de todos, notadamente quando se trata de uma pessoa em tenra idade, conhecida de todos, como é o caso de Nayane: jovem, carinhosa, esportista, estudante e amiga.
Convivi com Nayane por todo o ano de 2009, vez que fui seu professor de Ciências no 9º ano do colégio Monsenhor. Lembro-me bem dela sentada na primeira fila sempre atenta, às vezes falava em voz alta. Quase sempre com um sorriso estampado no rosto. Na leitura dos textos sempre me pedia para começar. Lia bem com a devida entonação e dicção necessária. De modo que suas leituras serviam para todo o resto da classe.
Como sentava na carteira próxima à porta, gostava de vislumbrar tudo o que acontecia pelos corredores. Era, por assim dizer, a mais comunicativa e extrovertida da sala.
Tinha uma percepção aguçadíssima, de modo que na primeira explicação já assimilava o sentido do assunto.
Às vezes um tanto irrequieta, era quase sempre ela quem me avisava que havia tocado para o recreio ou para o fim da aula.
Seu olhar, seu rosto sorridente e o seu jeito de falar ficaram gravados para sempre na minha memória. Assim como sua alegria contagiante entre todos os que conviveram com ela neste ano estudantil que esvaiu e que nos marcou profundamente, em face da grata convivência que tivemos com Nayane.
Agora sua saudade e sua lembrança nos invadem a alma. Não estou mais no colégio, porém qualquer dia desses, visitarei aquela sala do nono ano para recordar sua presença como dantes, sentada na primeira fila.
Sei que agora Nayane estará num bom lugar, ao lado do eterno rogando pelos seus e por todos nós. Porque Nayane não morreu, apenas despertou um pouco mais cedo para à eternidade. Isso, no fundo é o que nos consola diante do sentimento de perda e da saudade que nos invadem a alma; desde o instante da sua partida para junto do pai. Nossas sentidas condolências aos seus pais e demais familiares.(JC)
(*) Da Redação:
Leia mais em:

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Cidade já se prepara para o AURORAFOLIA edição 2010



Aurora já se prepara para vivenciar mais uma grande festa do carnaval. Trata-se do 'AURORAFOLIA – O povo no carnaval da alegria'; edição 2010. Numa promoção da Prefeitura municipal por intermédio da Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto. Cerca de 12 atrações de peso se apresentarão este ano no corredor da folia, segundo informou o secretário de cultura José Cícero. “Com esforço e inteligência iremos fazer do AuroraFolia 2010 mais um dos grandes eventos já realizados pela gestão municipal”.
“Mesmo diante de grandes dificuldades, o povo aurorense irá festejar com muita alegria e entusiasmo esta, que seguramente, se constitui como uma das mais expressivas e tradicionais festas brasileiras – o Carnaval”, disse o secretário.
Serão quatro noites, do dia 13 ao dia 16 no largo da avenida iluminada no centro da cidade. Além das 12 atrações, o AuroraFolia contará com a participação de 8 blocos carnavalescos que disputarão o concurso de blocos. A prefeitura premiará com uma considerável premiação em dinheiro e troféus os três primeiros colocados na competição, além da rainha e do rei momo do carnaval 2010. Durante os dois primeiros dias de folia( 13 e 14) na parte da tarde acontece nos salões da ABA o tradicional vesperal das crianças, intitulado de “Carnaval da Saudade”, animado por duas bandas e orquestra de frevo.
Este ano o folião aurorense, terá um motivo a mais para pular à vontade o carnaval, visto que a Prefeitura concluiu recentemente as obras de asfaltamento do centro da cidade, incluindo todo o entorno onde acontece a festa momina. O asfalto, portanto, facilitará o desfile e a evolução dos blocos na avenida, assim como o bem-estar de toda a população foliã.
A Seculte está ventilando promover o 1º grito de carnaval através da realização do “arrastão carnavalesco” com todos os blocos desfilando pelas principais ruas da cidade. “O AuroraFolia é simplesmente contagiante, por isso o clima de alegria e movimentação pela cidade. Vários blocos mirins estão sendo formados com vistas a participação no vesperal da ABA”, enfatizou o secretário.
O AuroraFolia este ano focalizará a preservação da natureza, sob o tema: “Aurora consciente e feliz preservando o rio Salgado”.
O prefeito Adailton Macedo não esconde o seu entusiasmo diante da realização de mais um grande acontecimento festivo e cultural em que os aurorenses estarão reunidos num clima de muita paz no carnaval do povo.
Todos os aurorense são unânimes em afirmar, que este ano, o AuroraFolia, repetirá todo o sucesso do ano passado. Ocasião em que se espera reencontrar todos os que residem fora de Aurora e que aproveitam o feriado do carnaval para rever amigos e familiares. Assim como matar saudade e, de quebra curtir um dos carnavais de rua mais importante, anima e participativo do Cariri Oriental. A organização do evento(leia-se equipe da Seculte), espera mais uma vez um público recorde lotando a avenida Antonio Ricardo, bem como no vesperal da ABA.
Da Redação:
LEIA MAIS EM:
www.jcaurora.blogspot.com
www.aurora.ce.gov.br
www.blogdaaurorajc.blogspot.com

Google+ Followers