segunda-feira, 20 de julho de 2015

Trabalhadores agrícolas aurorenses retornam de SP após dois meses devido a crise econômica*


DESEMPREGO: 
Ônibus lotado de trabalhadores aurorenses retorna do interior de São Paulo em face da crise da economia que se abate sobre o país

Noutros tempos não muito distantes trabalhadores rurais de Aurora, assim como de vários outros municípios interioranos do Nordeste em geral e do Cariri em particular saiam anualmente em verdadeiras levas e comboios  com destino ao interior de Estados como MG, PR e SP.  Iam trabalhar na colheita da laranja, do café, do tomate e na maioria das vezes na colheita da cana-de-açúcar. 
Muitos partiam animados não apenas pela garantia do bom salário oferecidos pelas empresas do setor, mas principalmente, pela certeza da conquista do Seguro-desemprego que anteriormente era necessário trabalhar pelo menos seis meses para poder requisitar o benefício. Mas agora após a reformulação feita pela presidenta Dilma esse tempo passou a ser de 18 meses na primeira vez em que é feito o pedido e 12 meses na segunda. Apenas na terceira oportunidade  é que o tempo de duração permanece em seis meses. 
Se a coisa já estava difícil com a revisão, imagina agora com o desemprego provocado pela recessão econômica que como se ver atinge também em cheio o setor produtivo e agrícola.
E para piorar ainda mais, como diz o sertanejo, diante da crise: "além de queda coice". Pressionadas pela crise econômica as indústrias paulistas também do setor agrícola estão demitindo parte dos seus trabalhadores. Prova disso foi o retorno na manhã de hoje dos trabalhadores aurorenses que haviam viajado a cerca de dois meses para a colheita da laranja no município de Porangaba no interior do estado de São Paulo. 
Era visível a diferença em relação a outros tempos quando a chegada dos ônibus eram motivos de alegria e comemoração. Ocasiões festivas quando até fogos de artifícios eram soltos no local da parada, ou seja, na praça padre Cícero ao lado da antiga estação ferroviária de Aurora. Local onde verdadeiras multidões de pessoas os esperavam em momentos de verdadeiros júbilos.
Infelizmente, não foi isso o que aconteceu na manhã desta segunda-feira(20) quando foi visível o desânimo estampado no rosto de cada um dos jovens trabalhadores ao descer o ônibus que chegou lotado à Aurora pela manhã. 
Tristeza que aliás parecia também contagiar o semblante dos que os esperavam na praça, na maioria amigos e familiares. 
Como  se  nota, produto da crise econômica e da inflação que ora se abatem sobre a vida do país e, que já começa a provocar desemprego em massa em todos os recantos do Brasil, bem como nos mais diversos setores da nossa economia.
Há quem diga que muitos outras trabalhadores que ainda se encontram no sul do país possam também estar retornando à Aurora nos próximos dias.
.....................................
JC da redação do blog de Aurora.
fotos: Alcione Pereira

De que tamanho é nossa crise?

Por José Cícero
Que o país está em crise todos já o sabem. O que poucos ainda não sabem é a dimensão real desta crise que, ao contrário do que "eles" dizem, não tem data nem hora para terminar tão cedo. E o pior é que os tentáculos deste monstro tenebroso alimentado que foi por mais de duas décadas de engodo e de sofisma política pelo governo petista ainda não estão totalmente às vistas do povo brasileiro. Por isso é preciso agora, mais do que nunca, ficarmos cada vez mais vigilantes. Todo cuidado é pouco.
Todavia, pelos menos ao que parece, a crise que não é apenas econômica, só atinge diretamente e com mais força os trabalhadores e os mais pobres. Uma contradição e/ou ingratidão sem tamanho, posto que foram justamente este segmento social que votou maciçamente no projeto petista de Dilma e Lula. Portanto, mas uma prova cabal de que ninguém ficou imune ao estelionato eleitoral praticado, sobretudo na última eleição. Um crime contra tudo e a boa fé da maioria do povo brasileiro.
De modo que, não somente econômica, a crise por que passa o país se estende do eleitoral até o comprometimento da ética pública e da moral cidadã. Tão grave que, além de envergonhar a nação perante o mundo, também coloca o Brasil na contramão da história por conta do imenso desrespeito cometido contra a democracia e o chamado estado de direito. Um exemplo nunca mais a ser seguido ou imitado.
De escândalo em escândalo cotidianamente o Brasil se supera a si mesmo numa ordem ascendente de acontecimentos daninhos que depõem sobre  a sua própria imagem pelo mundo afora. 
Ao ponto que, do mensalão fomos direto à Lava Jato sob o império da propina e da farra com o dinheiro público. Um esquema criminoso que, de tão democrático não poupou ninguém do andar dos poderosos até os seus asseclas e apaniguados do andar de baixo. 
Definitivamente o PT nos fez entrar numa das maiores desmoralização da nossa história. Algo que parece se refletir em todos os aspectos da vida social do país. 
Penso até que toda esta lama fétida enxovalhou igualmente a própria Copa do mundo, cujo corolário de corrupção é algo incomensurável. E no Brasil não poderia ter sido diferente. É lamentável saber que a inflação está começando a bater a nossa porta. E é revoltante saber que a culpa não foi nossa.
Mas algo no faz acreditar que mais uma vez o Brasil sairá desta. Não pela força dos seus políticos porém a despeito da maioria esmagadora deles... E mais principalmente pelo potencial produtivo inato da sua natureza e a força descomunal da sua boa gente. Isso porque não é qualquer nação do mundo que aguentaria tanta roubalheira e malversação ao longo da sua história sem o quebrar de vez. E o Brasil vem se sustentando até hoje. Sinal de que é forte o suficiente para não cai de vez. Razão porque resistirá por si mesmo às sanhas dos  aproveitadores de plantão, cujo nomes deveriam ser não outros que não: Vermes, Saúvas, Gafanhotos, Cupins humanos...
O povo consciente sempre pode mais, se Deus quiser e ele há de querer...
Viva o Brasil !
------------------
José Cícero
Aurora - CE.

Mesmo em plena estiagem OLHO D'ÁGUA localizado no bairro Araçá de AURORA começa a aflorar*

Há muito dada como morta, agora em plena seca, águas da nascente do Araçá  começam a brotar do seio da terra

Degradada e agredida pelos mais variados  tipos de atividades antrópicas, a histórica nascente conhecida como "Olho d'água de Vinô" localizada no bairro Araçá de Aurora-CE; mesmo em plena estiagem começa a renascer(fotos). O que é possível notar pela água que aos poucos começo a brotar nos últimos dias.  
Há anos inativa e praticamente soterrada em face da erosão causada em parte pelo desmatamento indiscriminado das matas em seu entrono, a velha nascente já era dada como morta. Agora em meio a uma  seca que já perdura por mais de cinco ano, o Olho d'água de Vinô surpreende a todos quando é possível perceber o afloramento natural   de uma água gélida, oriunda do seio da terra  ressequida. 
Algo realmente surpreendente e de rara beleza considerando as agressões e a seca prolongada. "Um verdadeiro milagre, como se a natureza quisesse nos pregar uma peça", afirma um dos principais defensores do manancial, o secretário de cultura José Cícero que neste domingo esteve no local  ao lado dos professores Luiz Domingos, Ronaldo Santos e de alguns moradores das proximidades. 
Diante de uma crise hídrica sem precedentes, desequilíbrio climático e irregularidades do regime das chuvas que não têm mais fronteiras, fatos  que, inclusive em Aurora, já ameaçam o abastecimento urbano com o risco de colapso do açude Cachoeira; a nascente do Araçá, além de prodigiosa nos remete a uma reflexão profunda sobre a problemática da água, nossa relação com o meio ambiente e os recurso naturais em geral, disse ele.
ALERTAS ANTIGOS: 
Ainda em 2006/2007 foi lançada em em Aurora o primeiro número da da revista Aurora que na sua reportagem de estréia já  levantava a preocupação relacionada a degradação e morte da nascente. Como também a situação de devastação e abandono da área. 
De lá para cá, infelizmente, nada foi feito quanto à necessária preservação da fonte e da sua mata nativa. E o que é pior; as degradações se intensificaram com o avanço das construções de moradias que se aproximam do local. Além da decisão dos proprietários do terreno em transformar a área num loteamento para novas habitações. Para tanto, já cortaram, inclusive, a parede do antigo açude situado um pouco mais abaixo. A abertura de uma rua que passará bem ao lado da nascente também preocupa os que defendem a velha nascente.  
O aflorar das primeiras águas do olho d'água do Araçá - um dos últimos não apenas da zona urbana, mas também de todo o município que se tem notícia - parece ser o derradeiro grito de socorro de uma natureza que embora resistente, está claramente se exaurindo diante da ignorância de uns  e a indiferença de outros que, ao que parece, só têm olhos para o dinheiro. Como se fosse possível vivermos daqui para frente sem a natureza. 
HORTO FLORESTAL (APA):
Anos atrás houve a promessa de doação ao município de uma pequena área  em torno da nascente de 30x30 m2. Mas logo em seguida os proprietários desistiram da proposta garantida junto à secretaria de cultura e turismo. 
A pasta pretendia dentre outras coisas, promover o tombamento ecológico da nascente, ainda tornar o espaço uma área de preservação ambienta com a criação de um horto florestal destinado à visitação pública monitorada, aula der campo aberto às escola e pesquisadores, fomentação do turismo ambiental, bem como instrumentalizar o estudo de um pedaço importante da caatinga e do bioma sertanejo como um todo. Como parte importante do projeto de desenvolvimento do Turismo Ecológico proposto pela pasta a partir do rio Salgado. 
Sem mais demora, a equipe de professores juntamente com a própria Secult pretendem realizar uma campanha junto à comunidade no sentido de sensibilizar os proprietários e o poder público quanto a necessidade urgente de se preservar a nascente ou o que de fato ainda resta dela. Assim como parte da mata ciliar em seu entrono. Para tanto iremos retomar as conversações com os atuais proprietários para ver se chegaremos a um bom termo, finalizou o secretário.
------------------
Da Redação do Blog de Aurora.
SERVIÇO: 
Atenção!
Todos os filhos e amigos de Aurora estão sendo chamados a ajudar na preservação da Nascente. Comentando o problema na rede social, opinando, refletindo e também no convencimentos dos proprietários e quem mais de direito no sentido de que juntos possamos preservar o quanto antes o Olho d'água garantindo-o às gerações do presente e do futuro. 

Google+ Followers