terça-feira, 30 de julho de 2013

Razões porque gostei do Papa Francisco

 Por José Cícero*

Gostei do papa Francisco. E até confesso a priori para mim mesmo, o tanto que fiquei inteiramente impressionado com  isso. Visto que há muito não sou dado a seguir o ritmo, via de regra,  gregário com que a maioria das pessoas, inclusive a juventude pelo mundo afora, costumam  reverenciar grandes nomes;  quer sejam  artistas popstar, líderes políticos, chefes de estados ou religiosos.
Sem dúvida, o  chamado culto à personalidade tem sido uma característica marcante, por assim dizer, do próprio gênero humano em todas as épocas. Algo um tanto quanto imanente e, por isso mesmo profundamente arraigada na psicologia social dos indivíduos.
Ufanismo exagerado que, no mais das vezes, chega até mesmo a atingir às raias  do mais puro  fanatismo.  Mas que não deixa de ser aspecto comum mesmo agora na era da globalização. Ainda quem sabe, muito mais forte, fomentada que é pela propaganda midiática, em geral apelativa  no contexto de uma  informação global  tecnológica com suas ferramentas afins.  Porém, para a minha alegria, com o papa Francisco tudo ocorre de um jeito diferente...
O fato é que gostei do papa Francisco. Não pelo  título pomposo que o mesmo enverga perante o mundo:  Sumo Pontífice – sua santidade. Tampouco pela força inegável de todo o poder que possui e representa. Coisas que pelo jeito, para boa parte dos que o admiram e juram obediência de pé junto, são o atrativo principal. (de onde não se exclui sequer os políticos).
Ora, Francisco mesmo antes de se tornar papa, já tinha todas as suas qualidades de notável cristão. Como  um exemplo admirável de figura humana. Ser papa foi apenas um detalhe no conjunto das suas ações de vida e boa obra.
Apenas o aparelho midiático do imperialismo pastelão  não o divulgava, posto que faltava-lhe justamente o que mais lhes interessam, ou seja, o poder.  O que os movem, portanto, não é outra coisa, senão a vontade de poder e de fazer fortuna  com a exploração a qualquer custo como a qualquer preço.  De forma que,  qualquer um que fosse o papa lhes servia.
Francisco não se tornara o que é por acaso, do dia para a noite, após a fumaça branca da chaminé do Vaticano ter ganhado os ares  italianos. Porém , para as massas e para a mídia é como se  assim o fosse...
Gostei do papa Francisco do meu jeito. Não pelo poder nem pelo fato de ser ele um cidadão argentino vizinho de nós. Mesmo sabendo que, por se tratar de  um latino-americano,  ter chegado a papa,  isso  já foi quase um milagre.
O que mais me impressionou no papa Francisco, diria que foi justamente o que possui de diferente em relação a todos os seus antecessores. Além de uma visível postura humanizada nas ações e não apenas nos discursos.  Qualidades que certamente o aproximam  muito mais do povo, sobretudo os  oprimidos e  marginalizados.  Como igualmente da sua opção deliberada pelos pobres, miseráveis e todos os invisíveis do mundo.
Ele não se deixou encantar  pelo luxo do  poder. E mais que isso, faz de tudo para resistir  a  qualquer encanto que não seja em favor  da  sua grande missão. A boa-nova cristã.
De modo que, nem a imponência,  nem o culto à personalidade  lhe atraíra em seu pontificado. Sendo, portanto, com muito mérito, o papa das ruas, da pobreza e da  simplicidade.  Quiçá, um escolhido, um enviado... Mas que não se permitiu abdicar por um só instante a sua condição humana de igualdade perante os que sofrem.
E assim, confesso,  desde que me entendi por gente, só me recordo de três papas.  Francisco,  contudo,  esta sendo talvez o que mais me tocou fundo , tanto a alma quanto  o espírito. Quem sabe pelo tamanho do seu  gesto prático de humildade verdadeira e de amor  desmedido à humana raça. Ele está, como se percebe, no caminho certo...
Gostei do papa Francisco.  Ao ponto de também ter me emocionado no momento da sua partida ao se despedir do povo brasileiro com seu aceno de mão no aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro.  Nunca vislumbrei um papa tão humano quanto este.
Vi, por conseguinte no papa Francisco, mais do que os olhos são capazes. Coisas incomuns nos dias atuais onde o glamour   do 'faz de conta' pós-moderno, instiga a nossa bílis como também   subestima a nossa inteligência. 
Muitas verdades, ações e compromisso enxerguei neste pontífice. Além  de sentidas preocupações com os que sofrem e se tornaram  escravos do império, sobretudo na periferia do mundo.
Enfim, gostei do papa Francisco. Por seu carisma, gestos e verdades que nos motivam a acreditar num futuro possível de fé,  harmonia, esperança, justiça, solidariedade, amor, consciência e paz.
Meu único medo é que os demônios do imperialismo covarde e criminoso  do planeta se sintam contrariados em seus propósitos daninhos. E a qualquer momento decidam  inviabilizar  a  grandiosidade do trabalho  crístico, como da obra humanista e humanitário  do nosso Francisco.
E como gostei tanto do papa Francisco;  subjetivamente, ouso agora fazer-lhe um pedido  com  a mais autêntico das súplicas sertanejas:   
- Papa  Chico, reabilite o quanto antes padim Ciço! Porque este também fora injustiçado e, há muito já é santo pela fé, a devoção e a vontade inquebrantável  dos seus romeiros.
Viva o papa Francisco!
...................
Por: José Cícero
Secretário de Cultura e Turismo
Aurora – CE.
--------------

LEIA MAIS EM:
e no Faceboo
Foto: http://www.pragmatismopolitico.com.br

sábado, 27 de julho de 2013

Blog de Aurora estréia SESSÃO NOSTALGIA a partir deste sábado, resgatando uma verdadeira relíquia da fotografia aurorense


O BLOG DE AURORA estréia a partir de hoje a SESSÃO NOSTALGIA, como sendo um espaço inteiramente dedicado às narrativas, fatos e FOTOS que se reportem necessariamente  à memória histórica e iconográfica de Aurora e do Cariri em geral.
Para tanto, conclama  todos os aurorenses onde quer que se encontrem, assim como os demais leitores(internautas) do Blog espalhados pelo Cariri e pelo mundo que queiram contribuir com tal projeto de divulgação informativa. 
Bastando apenas  enviar fotografias antigas, textos, histórias e estórias de relevante valor sociocultural e histórico para serem publicadas na referida sessão. 

Em Tempo:  Todos os créditos de imagem serão devidamente publicados, além dos  agradecimentos da editoria pela efetiva ação colaborativa. Portanto, não deixe de contribuir com tão importante iniciativa,  enviando o quanto antes seu material inédito. Permitindo assim que as novas gerações do agora e do porvir possam efetivamente conhecer e ter acesso um pouco mais à rica e  valiosa história de AURORA  e do Cariri.
Prof. José Cícero - 
Editor-Redator.
www.blogdaaurorajc.blogspot.com
Aurora - Ceará. 
#  jccariry@gmail.com
........................................
A Sessão Nostalgia desta semana estréia com a Fotografia antiga do time de futebol amador - CANARINHO* , cuja imagem  datada do longínquo ano de 1966 integra o Acervo JC. Uma cortesia do Sr. Francisco P. Miguel da Silva. 
A mesma compõe o banco de imagem que será doravante objeto de exposição imagética sobre as equipes futebolísticas antigas d'Aurora  sob a organização da Secretaria de Cultura e Turismo do município(Secult).
Sel. Canarinho - Fotografia: Jan/ 1966.
Cidade: Aurora-CE.
****************

SESSÃO NOSTALGIA - Iconografia Aurorense: Times Antigos d’Aurora - 
 (FOTO  DO TIME) FORMAÇÃO -
Em pé da Esquerda p/ a Direita:
Batista(marceneiro), Carlinho(de d. Magá. Falecido), João Campina, João de Zé Quinze(goleiro), Maninho Gato e Pedrinho(de seu Quilô pescador).
Agachados na mesma ordem: 
Téta de Raimundo Duarte, Ciço de d. Do Carmo de Zeca Serafim), Mundinho de mestre Assis, Júnior de Evandro(agente da Reffesa - dono do time) e Bel de Joaquim Paulino.
.................................
JC da redação do Blog da Aurora e da Secult.

LEIA MAIS EM:
e no Facebook

sexta-feira, 26 de julho de 2013

STR de Aurora realiza XXVII Festa do Trabalhador


Sindicato dos Trabalhadores Rurais de AURORA comemora mais uma tradicional Festa alusiva ao dia do trabalhador

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais(STR) do município de Aurora realizou na última quinta-feira(25) a 27ª edição da sua tradicional  Festa  do Trabalhador Rural. Trata-se de um evento dos mais participativos e organizados, cujo objetivo é reunir associados da entidade para festejar a passagem de tão importante data. 
Além dos trabalhadores e trabalhadores rurais de várias partes do município, o STR também convidou simpatizantes, amigos e autoridades locais para tomarem parte das comemorações.
O evento aconteceu durante todo o dia nas dependências da Associação Beneficente Aurorense(ABA) no centro da cidade. Sendo que a abertura oficial se deu pela manhã com a celebração de uma missa na igreja matiz do Senhor Menino Deus.
Uma vasta programação sociocultural foi desenvolvida junto aos associados e convidados que lotaram todo o interior do clube. Destaque para as apresentações da dupla de violeiros aurorenses Cícero Cosme e Nelinho do Repente, bem como da banda cabaçal São José de Missão Velha, além da participação especial do cantor mirim Romildo Rodrigues, dentre outros atrações.
De parabéns, portanto,  todos os sindicalistas que compõem a direção daquela entidade nas pessoas do senhor Antonio Landim e Joseni, atual presidente do STR.
------------------
Da Redação.
Fotos: J.Silva
...........................
 Comerciantes e comerciários participaram da palestra da consultora Diana Barbosa na noite da última quinta-feira no salão paroquial de Aurora


Um considerável número de empresários, comerciantes  e comerciários aurorenses compareceu na noite da última quarta-feira(24)  ao auditório do salão paroquial de Aurora para conferir de perto a rica explanação sobre marketing comercial e práticas de atendimento empresarial.  Cujo colóquio ficou a cargo da consultora professora juazeirense Diana Barbosa.
Sob a chancela da sua expressiva performance anterior ocorrida em Aurora a cerca de quatro anos, a palestrante contou mais uma vez com a boa acolhida dos comerciantes  locais. 
O que ficou comprovado através do grande número de pessoas que compareceu à iniciativa.  Um sinal de que o segmento empresarial de Aurora, notadamente da área do comércio e afins, está de fato interessado em evoluir, sem no entanto, perder de vista o foco da qualidade e do conhecimento técnico e educacional. 
Diana Barbosa que, inclusive, vem realizando  palestras por várias outras cidades do Cariri, sai de Aurora levando em suas bagagens boas impressões, sobretudo pela hospitalidade, alegria e a participação ativa de todos quantos participaram do referido evento.
.................
Da Redação do Blog de Aurora e da Secult.
Fotos: JC
LEIA MAIS EM:
e no Facebook

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Dominguinhos foi cantar no céu - Por José Cícero*

 Mestre Dominguinhos. Quem é eterno nunca morre de verdade!


Com a morte do nosso Dominguinhos, diria que a boa e verdadeira música brasileira continuará cada vez mais pobre. Notadamente a música do Nordeste. As canções que falam dos sertões, da saga poética, dos sofrimentos e das agruras de uma  gente forte e destemida.
Como a morte de Dominguinhos, além da tristeza e da  saudade, vale igualmente, um momento de reflexão profunda sobre o atual contexto cultural brasileiro, especialmente sobre o presente e o futuro da nossa música de raiz. Diante do atual cenário lúgubre e negro, por que passa todo o processo de produção, distribuição e de consumo.
Algo que, como se percebe, se faz extremamente daninho e deletério para a cultura artística do nosso país em geral. O que decerto, termina por garrotear não somente o surgimento de novos valores, mas inclusive, o hábito e o acesso de muitos à chamada música de qualidade que, diga-se de passagem, também constitui uma ferramenta basilar para o desenvolvimento socioeducacional do nosso povo. Muito especialmente, no que se refere a nossa linda juventude.
Com a morte de Dominguinhos, assim como dos nossos grandes artistas, o que ainda restará de fundamental, já que praticamente não se ver o aparecimento de bons valores, não apenas neste campo?
A música brasileira, ou o que ainda resta dela, está literalmente na UTI. Sobrevivendo tão somente da fama e do sucesso que obteve no passado. De modo que, sem continuidade e sem espaço,  aos poucos  vai também morrendo à míngua. Por assim dizer, num tsunami de mau gosto, aliada a desfaçatez e o descompromisso de uma indústria fonográfica sem vergonha e criminosa  que, aliada à mídia marrom,  cega por dinheiro, seguem de braços dados ante a complacência das instituições democráticas e da sociedade; assassinando o que ainda resta da nossa autêntica cultural musical. 
Um verdadeiro crime de lesa-pátria cultural. Coisa que muitos, a exemplo de Dominguinhos, jamais cansaram de denunciar como inclusive, de dá nomes aos bois. Mas nada em absoluto foi feito, no sentido de se extirpar o quanto antes este câncer da vida brasileira. Em parte, porque existem muitos interesses em jogo...
Com Dominguinhos morre também todo um importante legado musical e artístico que, ao contrário do que se verifica hoje, ajudou a projetar a música do Brasil em todo o mundo, como uma verdadeira  obra de arte. Aliás, um dos mais importantes cartões-postais do nosso país frente a agenda cultural no além-fronteiras.
Conforta-nos, entretanto, sabermos que pelo menos, por tudo que fez, cantou e produziu de essencial para à cultura brasileira, Dominguinhos não morrera. Posto que, apenas se encantara numa das suas canções mais bonitas e verdadeiras. 
Visto que também se eternizou, tanto na história quanto na memória de gerações inteiras; apaixonadas por seu canto, seu talento e sua bondade. 
Encontra-se portanto, no umbral dos céus, bem ao lados de artísticas consagrados que resolveram partir na frente como: Jackson do Pandeiro, Lidu, Sivuca, Jonas Andrade,  João do Vale, Marinêz,  Luiz Gonzaga e tantos outros que, com seus  inigualáveis talentos ajudaram um dia a construir esse imenso legado artístico. 
Fazendo portanto, da cultura musical nordestina do Brasil como uma das mais belas e fantásticas  do mundo de todos os tempos. O que, infelizmente, ao que tudo indica, a geração do presente não está tendo sequer a dignidade e tampouco a  competência de preservá-la à posteridade.
Viva Dominguinhos para todo o sempre!
......................
(*) Por José Cícero -
Escritor, Pesquisador e Poeta
Secretário de Cultura e Turismo
Aurora - CE.
Foto: Internet 
LEIA MAIS EM:
e no Facebook

domingo, 21 de julho de 2013

Acidente com ônibus de turismo deixa dois mortos na Serra de Caririaçu-CE na rodovia Pe. Cícero

Grave acidente deixa um saldo de duas pessoas mortes e 42 feridas na rodovia pe. Cícero(Caririaçu) na serra do Genipapeiro

Um acidente grave com um ônibus de excursão placas HUL-2263 inscrição de Maracanaú/CE, da empresa São José Turismo deixou duas pessoas mortas e pelo menos 42 vítimas feridas na descida da serra do Genipapo município de Caririaçu na manhã deste domingo (21). Até as 10h15, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) havia confirmado duas mortes. Havia segundo informações preliminares 44 pessoas no veículo.Conforme um passageiro, o ônibus retornava de Juazeiro do Norte com destino a Fortaleza com um grupo de turistas que vieram assistir a missa do padre Cícero no último dia 20. O Corpo de Bombeiros encontra-se nesse momento no local para retirar do veículo a jovem Ismênia Gino da Silva, 20 anos e o ajudante do motorista de identidade não informada que faleceram e continuam presas as ferragens.

A região onde houve o acidente é de muitos aclives, declives e curvas e que o ônibus não tivesse chocado com a barreira, poderia ter caído de uma altura de 80 a 100 metros. Muitas pessoas tiveram ferimentos diversos e o atendimento foi centralizado nos hospitais de Caririaçu e o Regional de Juazeiro do Norte.
Será aberto inquérito e está sendo feita perícia no local. Segundo populares, “parecia um cenário de guerra, com pessoas espalhadas pelo chão misturadas com pedaços do ônibus”.


Fonte: Miséria
fotos- site Miséria JB

Filhos e Amigos de AURORA confraternizam-se em mais uma Festa da AFA

Da Redação

De forma plenamente exitosa aconteceu neste sábado, 20 de julho durante todo o dia a IV edição do Encontro dos Filhos e Amigos de Aurora. Uma iniciativa que mais uma vez este ano, movimentou a cidade de Aurora em torno de várias atividades socioculturais e de saúde preventivas voltadas para à população.
Numa organização da associação dos filhos e amigos de Aurora em parceria com a prefeitura do município por meio da secretaria de Cultura local(Secult) a "festa da AFA" como passou a ser conhecido o evento, transcorreu num clima de absoluta alegria e participação maciça da população.
Para tanto, uma vasta programação festiva foi desenvolvida desde as primeiras horas da manhã. Quando às 7 h aconteceu na estação ferroviária a abertura da 4ª edição da Exposição Iconográfica com a apresentação de um acervo de fotográficas inéditas e antigas de Aurora, conseguidas junto ao Sr.
Peter Boynton ex-integrante do projeto "Corpo da paz"  nos Estados Unidos, cuja equipe estivera em Aurora por 3 anos no início da década de sessenta. Além de apresentações culturais na praça padre Cícero, artesanato e serviços de saúde através da unidade móvel da secretaria de saúde do município(Nasf)
Às 8h ocorreu a solenidade de entrega de títulos de cidadão aurorense organizada pela Câmara de Vereadores na escola técnica, bem como o lançamento do livro Vulcano do padre José Wilton Leite seguido do oferecimento de um almoço para os membros da AFA e  convidados.
Durante todo o dia a exposição fotográfica na estação, assim como a exposição de artes permanente instalada na sede da Secult estiveram abertas à visitação pública.
Às 19 horas ocorreu a celebração da missa em Ação de Graças na igreja matriz e a partir das 21 h o ponto alto do evento, com a realização do grande Baile da Saudade com as bandas Estrela do Norte de Fortaleza e Trepidant's de Recife no clube das Samaritanas. Na mesma oportunidade, ocorreu a entrega do prêmio Destaques do ano, organizado pela Aurora Fotos Produções.
Todo o  espaço do clube esteve literalmente lotado pelos filhos e amigos de Aurora, residentes tanto no município quanto no além fronteira. Para o secretário de cultura, o professor  José Cícero: "Foi de fato, uma grande festa  de confraternização, reencontro e congraçamento social. Oportunidade em que os aurorenses de várias gerações se reuniram como o mais alto sentimento de entusiasmo;  reverem amigos, familiares e mataram um pouco da saudade dos velhos tempos de uma Aurora que, quase no existe agora em suas reminiscência". Enfim, refizeram seus antigos laços de amizade e genealogia, além de se divertirem como a boa música do passado. Em suma, um momento de saudade, amenidades, reencontro e relembranças. Porque é sempre mais triste  todos aqueles que não sentem saudade e quem sabe perderam o interesse por suas verdadeiras raízes", completou.
Foi uma festa realmente que muito expressou, como acontece todos os anos, a hospitalidade, o jeito alegre e divertido dos aurorenses. Um encontro que já deixou saudade.

Confira os nomes dos Agraciados com o título de Cidadão Aurorense e de honra ao mérito pela Câmara de Vereadores:

Dr. Etevaldo Barcelos Fontenelle
Dr. Valmir Costa Gonçalves
Dr. Marcos Paulo Damacenos
Dr. Spergio Gurgel Carlos da Silva
Dr. Giacumuzacara Leite Campos
ten. Rosival Roseno da Silva
Profª Maria Cristina Araújo
Irmã Maria José Segundo
Sr. Ciro Ferreira de Castro
Aluízio Antonio da Silva
Raimundo Ramalho Pereira
poeta Valdir Rodrigues Teles
HOMENAGEADOS:
Dr. Luiz Evaldo Gonçalves Leite
Profª Francisca Chagas Nascimento
Tarcísio G. de Oliveira( in memoriam) 
AGRACIADOS COM A MEDALHA LEOPOLDINA G.QUEZADO:
Profª  Lucimar Berbardo Fernandes
Profª Maria Irismar Saraiva Calixto
Luíza Passos Leite.
------------------
Relação dos agraciados com o prêmio de Destaques do ano pela Aurora Fotos Produções:

Político: Prefeito José Adailton Macedo
Diretora de Escolar: Fca. de Sousa Lira
Assistente Social: Erineuma Criss B. Macedo
Vereador: Fco. Henrique Ricardo de Macedo
Secretário Municipal: Prof. José Cícero da Silva(Cultura e Turismo)
Filho ilustre de Aurora: Dr. Paulo Napoleão G. Quezado
Médico(hospital): Dr. Raimundo Wilson de Macedo
Médio do PSF: Dr. Arnaldo França Mendes
Coordenadora Pedagógica: Ana Cláudia Sousa Lira
Enfermeira: Sângela Fládya Macedo
Advogado: Dr. José Idemário T. Oliveira
Pres. Instituição: Profª Lucimar Bernardo Fernandes
Dir. Hospital: Maria Hiranilda Silva Magalhães
locutor: Pedro G. Rolim
Técnico Enfermagem: Cícero Ricardo B. S. Figueiredo
Psicóloga: Dra. Liliane Rangel Gonçalves
Odontólogo: Dr. Thiago Leite Campos.
Além de trinta pessoas jurídicas.
HOMENAGEM ESPECIAL aos diretores da AFA:
Pres. da entidade> José Wilton Fernandes
Pres. de Honra - Dr. Fco Tarciso Leite
Tesoureiro - José Juaracy Macedo.
Diretor: Sebastião Pereira Maciel.
.................................................... 
Da Redação do Blog de Aurora e da Seculte.
Fotos: Jc, Jean Charles e João Silva(Secult-Aurora).
LEIA MAIS EM:
WWW.afaurora.blogspot.com
e no Facebook

Google+ Followers