quarta-feira, 29 de julho de 2009

Prefeito de AURORA empreende visitas a diversas secretarias de estado buscando melhorias para o seu município



1- George, José Cícero, Auto Filho, Adailton Macêdo e Washington Fechine na Secult.
2- Painel de arte exposto na Secretaria de Turismo-CE.
3- Pref. Adailton Macêdo e Washington com Alexandre Veras representante do IPHAN-Ce.
4- Pref. Adailton ao lado do secretário de Cultura Auto Filho.
Acompanhado do seu secretário de Cultura, assim como do prefeito de Missão Velha, o prefeito Adailton Macedo visitou vários órgãos do Governo Cid Gomes nos últimos dias 27 e 28 na capital cearense.
P
refeito de Aurora Adailton Macedo esteve em Fortaleza durante dois dias (segunda e terça-feira) acompanhado do seu secretário de Cultura José Cícero, ocasião em empreendeu visita a várias secretarias do Governo Cid Gomes, dentre a quais a de Cultura onde foram recebidos pelo secretário da pasta o professor Auto Filho.
“Toda a produtiva conversa que tivemos com o secretário Auto Filho nos deixou por demais animados e esperançosos quanto aos rumos da atual política de cultura proposta para o nosso estado", disse o secretário aurorense. "Saímos da Secult animados não apenas pela boa acolhida que tivemos pela equipe, mas principalmente pela disposição do professor Auto Filho em atender os nossos pleitos. A começar pela liberação de imediato de 1000 obras literárias para a nossa biblioteca”, finalizou José Cícero.
O alcaíde de Aurora na oportunidade também se fez acompanhar do prefeito de Missão Velha Washington Fechine e do secretário de Cultura de Mauriti George Gedeão. Na pauta, algumas reivindicações tais como: um novo acervo para a Biblioteca Pública, o programa Agente de Leitura, Biblioteca Comunitária, Ilha Digital, Café Cultural, Biblioteca Itinerante, Ponto de Cultura e revitalização e tombamento para o Casarão do Cel. Xavier e complemento do núcleo da Estação Ferroviária tanto da cidade quanto do distrito de Ingazeiras. Na manhã desta quinta-feira, 30 cerca de mil livros chegarão à Aurora para a ampliação do acervo da biblioteca municipal sediada no prédio da Estação. As outras secretarias visitadas foram: a de Turismo onde foi discutido o apoio para a Semana do Município e o projeto turístico Histórico, ecológico e religioso. Na do Esporte o programa segundo-tempo, Copa Aurora, Bolsa Atleta e Jogos escolares. Na de Recursos Hídricos(Sohidra) a liberação de poços profundos e açudagem. Na do Trabalho e Ação Social a liberação do programa Jovem Bolsistas. Na secretaria das Cidades a questão das obras de asfaltamento de ruas da sede. O IPHAN do Ceará também recebeu a visita dos representantes do Cariri quando foi reivindicada a concessão de uso integral e preservação do antigo prédio da Estação Ferroviária tanto de Missão Velha, quanto de Auroras com cerca de 90% já completamente executado pela gestão municipal. Dentro dos próximos dias, uma equipe técnica da Secult-CE visitará Aurora no sentido de viabilizar o possível tombamento do antigo casarão do Cel. Xavier, assim como da estação de Ingazeiras. Ambos servirão como espaços culturais. Oficinas de arte e ofícios, exposições permanentes e museus.
O prefeito Adailton também não escondeu sua satisfação pelo resultado da visita aos órgãos público do Ceará. Com este mesmo propósito inclusive, já pretende em breve retornar a capital, desta feita, acompanhado da secretária de Ação Social do seu município a ex-vereadora Socorro Macedo.
Da Redação do Blog da Aurora

domingo, 26 de julho de 2009

Seculte-AURORA Participa do 9º Festival de Quadrilhas de Pitombeiras na Paraíba

FATOS E IMAGENS DO FESTIVAL DE PITOMBEIRAS





Equipe da Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto(Seculte), representantes de Aurora e Filhos do Sertão participaram na noite de sábdo dia 25, do 9º tradicional Festival de Quadrilhas juninas do sítio Pitombeiras, no município de Cachoeira dos Índios na Paraíba.
No último sábado dia 25 a Seculte/Aurora juntamente com a quadrilha campeã do ‘Festal Junino 2009’ Filhos do Sertão participaram com destaque do 9º Festival do Aguiar do sítio Pitombeiras município de Cachoeiras dos Índios - PB.
Uma grande comitiva de Aurora esteve conferindo de perto todo o desenrolar da festa, por sinal um dos mais organizados e participativos da região. Trata-se de um acontecimento de resgate, preservação e incentivo aos folguedos juninos. Um ato por assim dizer, de pura resistência ao fantasma da modernidade...
Estiveram presentes ao grande encontro festivo de Pitombeiras, além da equipe da Secretaria de Cultura de Aurora: Erivan de Lavor, José Gonçalves, Cícero Cosme e José Cícero; as professoras: Socorro Lobo, Elizete Albuquerque, Cláudia Maria, Neidinha Fernandes, Márcia Pinto, bem como representando o prefeito Adailton Macêdo os secretários José Cícero(Cultura) e Osasco Gonçalves(administração). O bonito evento da comunidade de Pitombeiras de tão participativo há muito já faz parte do calendário festivo do interior da Paraíba. A iniciativa é da atuante vereadora de Cachoeira dos Índios, Leneida com o apoio da prefeitura daquela cidade.
Na noite festiva também se fizeram presentes o prefeito de Cachoeira Têta Francisco, o ex-prefeito Bodim, o Dr. Pereira e sua esposa a vereadora Leneida - anfitriões do belo festival. Ainda, secretários municipais e outras lideranças populares da região.
No terreiro da festa desfilaram, dentre outras, as quadrilhas: Cangaço do Sertão(Cachoeira), Forró Bodó(Sousa), Maria Chiquinha(Cachoeira) e Maria Bonita de Cachoeira, Cangaço do Sertão(PB) e Filhos do Sertão de Aurora-CE. A apresentação ficou por conta do renomado radialista de Cajazeiras Edimundo Amaro. Além da bela organização há que se destacar a boa acolhida que os promotores do festival têm dispensado todos os anos aos representantes de Aurora, assim como a todos os que participam da festa sertaneja. A Prefeitura de Aurora garantiu o deslocamento dos representantes do seu município através de um ônibus especialmente fretado para este fim.
Todas as quadrilhas tiveram suas apresentações primorosas a começar pela escolha da trilha sonora de puro bom gosto. Até músicas do aurorense Alcymar Monteiro também fizeram parte do desfile o que foi uma honra para a caravana aurorense. O ambiente do desfile também constitui um caso à parte, dada a visão bucólica do lugar, o clima e a receptividade das pessoas, notadamente da organização.
“Com o festival de quadrilha do Aguiar de Pitombeiras podemos ter a certeza de que uma das mais belas e expressivas manifestações do povo sertanejo e nordestino não morrerá nunca”, disse o secretário de cultura de Aurora José Cícero no momento da premiação. “Pitombeiras virou de vez um ambiente onde a cultura de raiz e a tradição do sertão se fortalecem cada vez mais, todos os anos, graças ao empenho e o esforço de pessoas de sensibilidade como a vereadora Leneida”, finalizou. Belíssimos troféus foram entregues às quadrilhas vencedoras, escolhidas pela aclamação dos presentes. Um grande número de pessoas tomou parte da festança.
Classificação do Festival:
1º lugar – Filhos do Sertão de Aurora-CE
2º lugar – Maria Bonita (sítio Bom Jardim) – Cachoeira dos Índios - PB
3º lugar – Forró Bodó – de Sousa - PB
4º Lugar –Cangaço do Sertão – Cachoeira-PB.
5º lugar – Maria Chiquinha de Cachoeira-PB
A organização também premiou os melhores puxadores/animadores do festival que não tinha a prioridade da competição, mas sim do desfile como um verdadeiro ato de congraçamento fraterno e de descontração tudo em nome da tradição e da cultura popular. O povo de Cachoeira dos Índios através da comunidade de Pitombeiras, mais que o incentivo e o resgate, tão o exemplo. A nossa cultura, que não tem fronteira, muito agradece.
Da redação do Blog d'Aurora



quinta-feira, 23 de julho de 2009

Secretaria de Cultura, Turismo e ESPORTE(Seculte) de AURORA promove encontros para debater projeto esportivo




Com vistas a implantação de uma política de Esporte de inclusão social a Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto(Seculte) vem promovendo uma extensa agenda de encontros no sentido de
Debater com a comunidade o projeto esportivo elaborado pela pasta.
A equipe da Seculte realiza deste o último dia 10 uma série de encontros pelas comunidades pólos da zona rural de Aurora. O objetivo é debater juntos aos desportistas aurorenses as propostas contidas no projeto “Esporte de Todos” elaborado pela pasta de Cultura, Turismo e Desporto para a construção de uma política esportiva do município. A iniciativa pretende envolver atletas, dirigentes, torcedores e demais segmentos relacionados com o esporte amador do município.
Fazendo uso do que existe de mais moderno na tecnologia digital a equipe da Seculte/Aurora já visitou os distritos de Santa Vitória, Tipi e Ingazeiras apresentando um documentário sob a forma de slads-shows acerca das principais propostas para o desenvolvimento ações e a elaboração de um plano municipal. “Estamos literalmente começando do zero, precisamos construir os alicerces no sentido de desenvolvermos um verdadeiro programa de inclusão social através da prática esportiva”, enfatizou o secretário José Cícero. Aurora tem potencial de sobra para o sucesso de um projeto esportivo voltado para à saúde, a ética e a cidadania da nossa juventude”, disse. Para tanto o prefeito Adailton Macedo está disposto a fazer o que for preciso para resgatarmos o que há de melhor em termo de talentos no nosso esporte amador”, acrescentou. “ A boa repercussão da nossas escolinhas já é um indicativo de que estamos no caminho certo”.
Um bom número de ativistas esportivos, atletas e torcedores tem prestigiado os nossos encontros, o que demonstra pelo grau da receptividade que estamos fazendo a coisa certa” acrescentou. Opinião que também é corroborado pelo chefe do Departamento de Esporte Raimundo Borjes(Tabosa). Ainda esta semana, a equipe estará empreendendo visitas à Ingazeiras( pela segunda vez), Agrovila de Cachoeiras e Beira do Rio. O último encontro acontecerá na sede do município. Na pauta, destaque para as discussões relacionadas ao “Interrural” torneios nucleados que a pasta pretende realizar em cinco localidades pólos entre cidade e distritos da zona rural, além de Agrovila.
Após o Interrural as quatros melhores equipes participam da grande Copa Aurora de Futebol Amador que acontece na cidade.
O prefeito Adailton Macedo não está medindo esforço no sentido de viabilizar as estruturas necessária para a realização desse que será o maior e mais organizado evento esportivo do município aurorense.
O projeto Esporte de Todos envolverá desde os esportes coletivos aos individuais, tanto masculino quanto feminino, ou seja, do Futebol de campo ao Futsal, do vôlei ao handebol, basquete, atletismo, xadrez dentre outros.
Queremos promover uma verdadeira revolução no fazer esportivo aurorense. Já estamos preparando a base com a formação de escolinhas de futrebol de campo, salão e voleibol aglutinando pouco mais de 200 crianças do bairro São Benedito, Araçá e centro da cidade, explicou.
No próximo final de semana o secretário estará viajando a Fortaleza onde visitará juntamente com o prefeito Adailton Macedo e o advogado Paulo Quezado alguns órgãos estaduais ligados à Cultura, Esporte e o Turismo.
Da Redação do Blog d'Aurora

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Aurora: Prefeitura entrega aos devotos e fiéis nova estátua de Pe. Cícero









Nova estátua do Pe. Cícero é inaugurada com muita festa em Aurora na última segunda-feira. Ne mesma ocasião o prefeito ADAILTON MACEDO inaugurou a Biblioteca municipal e o casarão da Cultura.
A prefeitura de Aurora, através da gestão “o povo construindo o novo” entregou aos fiéis e devotos a nova estátua do 'cearense do século' padre Cícero, bem como a nova Biblioteca pública e o casarão da Cultura.
Pouco mais de 3 mil pessoas, segundo estimativas da coordenação, participaram da festa que foi a inauguração da nova estátua do Pe. Cícero Romão Batista, ocorrida em Aurora na noite da última segunda-feira, dia 20 de julho na praça da estação ferroviária.
A nova estátua edificada pela Prefeitura encantou a todos os fiéis do patriarca do Nordeste, sobretudo pela beleza e a perfeição do monumento a que todos denominaram de “verdadeira obra de arte”.
Sob a organização da Secretaria de Cultura, as atividades também assinalaram os 75 anos de morte do Padre Cícero quando às 6 h aconteceu uma salva de fogos com as presença de fiéis. A tarde às 14 h ocorreram diversas atividades culturais com destaque para a apresentação na praça da Banda Cabaçal José de Missão Velha , do Grupo Forró Pesado na pátio da Seculte e apresentação de vídeo sobre a história do santo padre. À noite aconteceu ainda: recital de poesia com o poeta popular Cícero Cosme, execução de benditos com música solo sob a responsabilidade do Jovem Alcione Pereira, o coral do JUC e a banda de música Sr. menino Deus. Além de uma mini-peça teatral.
O ponto alto do acontecimento ficou por conta da celebração religiosa oficiada pelo vigário Padre Cícero Leandro, auxiliado por mais dois jovens sacerdortes da terra. Antes da celebração ocorreu uma homenagem aos 33 anos da primeira estátua organizada na época pela senhora Margarida Saburá, o ex-prefeito B. Santos, Mazé Gonçalves e Enoque Pintor. O descerramento da placa inagural assim como do manto que cobria a nova estátua foi feita pelo prefeito Adailton Macedo e a Sra. Mazé Gonçalves que na oportunidade representou a homenageada a Sra. Margarida Gonçalves Saburá, que não pôde comparecer ao ato em face da idade e residi em Juazeiro do Norte.
A praça ficou pequena para o grande números de fiéis que compareceu ao local. Estiveram presentes também ao evento, além do prefeito Adailton Macedo, o vice Antonio Landim, a vereadora Darc Landim, o verador Aderlânio Macedo, o advogado Idemário Oliveira, o ex-prefeito de Juazeiro Dr. Raimundo Macêdo, os os secretários: de Cultura José Cícero, de Obras Antonio Macedo, de Agricultura José Dácio, de Administração Osasco Gonçalves, de Saúde Petrúcia Frazão, de Educação Fátima Oliveira, assim como diversas outras autoridades locais.
Todos os que participaram da comemoração foram unânimes em afirmar que aquele momento representou uma das mais organizadas e participativas comemorações dos últimos anos em Aurora.
Logo após, a celebração, o prefeito municipal Adailton Macedo ao lado do seu vice Antonio Landim, o ex-deputado Raimundo Macedo, secretários e vereadores cortou a fita inaugural da nova Biblioteca Municipal sediada no antigo prédio da Estação/Reffesa que também foi totalmente recuperado pela gestão. O prefeito inaugurou ainda, o casarão histórico(da Reffesa) que agora abriga a sede da Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto(Seculte). O histórico prédio foi adquirido com recursos próprios da prefeitura sendo igualmente revitalizado para servir à cultura aurorense. “Estamos fazendo o melhor por nossa terra”, disse o prefeito. “A colocação da nova estátua do padre Cícero é um dever de todos quantos amam e admiram a figura de homem santo que é o padre Cícero Romão Batista” ressaltou o prefeito aurorense.
Da: Redação do Blog d'Aurora.

A Efervecência Cultural nasce do povo*

Cada Cidade tem suas peculiaridades que são inerentes à formação de sua própria existência, razão de uma, ter identidade religiosa, outra / cidade estado /, outras de: uma pigmentação conservadora, ortodoxa, heterodoxa, liberais, neoliberais, libertárias (...) Enfim, este coeficiente que dá o tom da mediana do ser social no espaço tempo é resultado do processo histórico, interativo, e da cola do convívio das comunidades ao eixo central a sociedade como um todo.
Ao se fazer um paralelo histórico, na Grécia Antiga, se vê que Esparta foi uma cidade estada, enquanto, Atenas: fonte de cultura, humanismo, artes, literatura (...)
O Ativismo cultural é sempre relevante para qualquer urbe, pois é uma forma de humanização do ser humano e uma condicionante para qualificar o grau de civilidade na paisagem urbana ou não.
Porém, para o aumento do grau de concentração do ativismo cultural, se faz necessário que haja uma aptidão social ampla para tal fim, do contrário, tudo para, ou emperra, em caso extremado o caniço quebra.
Não existindo um fomento da sociedade a educação, a cultura, a arte, a música, a literatura (....)
Teremos eventos culturais esvaziados, amorfos, gelados, artificiais, pois a função do ativista cultural não é mirar o sensacional, o oportuno para seu ego, ou algo semelhante, mas sim, ser, no máximo, porta voz, ou mesmo condutor de algo que existe de fato e de direito na amplitude do anseio maior na esfera social habitável.
Na ausência desta clarividência no seio social é momento oportuno para um estudo sobre o que caracteriza a identidade da sociedade, investindo para que cada urbe possa naturalmente caminhar com suas próprias pernas na condução da argamassa viva que constitui este teor de concentração apta a todos.
Abrir perspectivas contidas no consciente coletivo para a coesão da unidade social, tão necessária, para a harmonia do conjunto humano no habitat em que vive; é um imperativo Já, para todos que se deleitam, sobre a arte cara, e um tão renovável quanto a existência do homo sapiens na bola – Ainda azulada – Planeta Terra.
(*) Luiz Domingos de Luna
Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra - Aurora
Decurião da Ordem Sta. Cruz, forania de Aurora/Ce.
Foto: painel Marinho de Frazé d'Aurora.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Prefeitura de AURORA inaugura dia 20 nova estátua do Pe. Cícero na praça da estação


1- Construção do novo pedestal em mármore 2- Nova estátua ainda envolta no material de proteção.
Dia 20 de julho a comunidade católica de Aurora festejará com muita louvor e alegria o ato inaugural da nova estátua do Pe. Cícero Romão Batista.
Apresentações culturais e celebração religiosa estão sendo preparadas pela Seculte, prefeitura e paróquia no sentido de homenagear em grande estilo aquele que foi escolhido o cearense do século e considerado o patriarca do Nordeste.
Na próxima segunda-feira, dia 20 a prefeitura de Aurora através da sua secretaria de Cultura realiza a inauguração da nova estátua do padre Cícero localizada no largo da praça da ‘estação ferroviária’. A programação começa pela manhã às 6h com uma salva de fogos e apresentação da banda de música Senhor Menino Deus que executará hinos e benditos de louvor ao patriarca do Nordeste.
Na tarde às 15 h a programação terá continuidade com a apresentação de Forró de pé de serra no pátio do “Casarão da Seculte”, sede da secretaria de Cultura nas proximidades da praça. Seguido da apresentação da Banda Cabaçal, recital de poesia e execução de benditos pelo poeta popular Cícero Cosme, o músico Alcione Pereira e o coral Jovens Unidos com Cristos(JUC), seguida da celebração de uma missa campal oficiada pelo vigário Padre Cícero Leandro.
Na ocasião será feita uma homenagem a organizadora da primeira estátua, edificada ainda em 1976 a Sra. Margarida Gonçalves Saburá. O prefeito Adailton Macedo, seu vice Antonio Landim, vereadores, secretários municipais, além de outras autoridades estarão presentes ao evento que pretende reunir cerca de 5 mil fiéis e devotos do padre cearense do século. A comunidade católica de Aurora está em festa pela importante homenagem feita ao chamado “santo popular do Nordeste”.
A Secretaria de Cultura em nome da Prefeitura Municipal de Aurora juntamente com a Paróquia do Senhor Menino Deus têm a honra de convidar Vossa Senhoria e ilustríssima família para participarem nesta segunda-feira, dia 20 de julho, às 19h na ‘praça da estação’ da Missa Campal e inauguração da nova estátua do patriarca do Nordeste: o padre Cícero Romão Batista.
Sua presença será motivo de muita alegria e contentamento ao passo que nos fortalecerá nos caminhos da fé.

domingo, 12 de julho de 2009

Lampião e o Cangaço

Agora, prestes a realização do "Seminário Cariri Gangaço" previsto para ocorrer em setembro, o 'Blog de Aurora' assim como o do 'José Cícero' homenageiam igualmemte a passagem dos 71 anos de morte do rei do Cangaço com a publicação de uma série de reportagens(iniciadas com o artigo:Aurora e Lampião) abordando o fenômeno do Cangaço e seu expoente maior especialmente sua passagem por Aurora e região.
A Neta de Lampião, Vera Ferreira, filha de Expedita, a mais de 25 anos dedica todo o tempo disponivel para pesquisar a vida do Avó, o mais famoso Cangaceiro do Nordeste, para se ter uma ideia mais real do trabalho incançavel de Vera, ela não litita-se aos mitos, ou alegorias filosoficas, basta dizer que desde a meninice ouvia os varios relatos e boatos sobre as andanças de Lampião e Maria Bonita, tambem é bom lembrar que sua mãe Expedita, é ao lado de Dadá, enciclopedias vivas, a primeira filha de Maria Bonita e Lampião, a segunda mulher de Corisco. Tambem Antonio Amaury, é um pesquisador dos mais aguerrido, seu interresse pela historia do Rei do Cangaço, teve inicio no ano de 1950, quando ao ler uma literatura de Cordel, que tinha o Titulo de Morto em combate Corisco, o Diabo Loiro. deste este dia surgiu a ideia de conhecer mais a fundo a Historia do Cangaço no Nordeste Brasileiro, inumeras viagens na busca investigativa sobre o Cangaço na região mais hostil do Pais, por algum tempo hospedou em sua residencia da Capítal Paulista a dama da Caatinga DADÁ, considerada por Amaury uma Enciclopedia viva da memoria do Cangaço e das Volantes Polícias.
Segundo outros históriadores Amaury, possui o maior acervo sobre o assunto. Lampião nascido no dia 07 de julho de 1897, somente foi registrado aos 07 de agosto de 1900, natural de Serra Talhada em Pernambuco. Filho de José Ferreira da Silva e de Maria Selena da Purificação, tinha mais oito irmão, sendo quatro homens e quatro mulheres. Virgulino Ferreira, muito cedo montava bem, e em pouco tempo era o responsavel para cuidar do gado bovino, tambem passou a conduzir a tropa de busrros para comercializar nas Vilas e Povoados da região da Caatinga. O Primeiro bando formado por Virgulino era composto por dois irmãos, primos e amigos, desta forma nascia o mais temivel bando da Região, pricipalmente porque Lampião era perverso ao extremo, matava por vaidade, assasinava prisioneiros na frente de familiares, estrupava, torturava e marcacava o rosto de mulheres com ferro em brasa, sem a menor piedade, arrancava olhos, cortava limguas, em sua andanças de Sergipe ao Ceará, viu três de seus irmãos serem mortos em combate com a Polícia e foi feriado varias veses. Seu grade amor, Maria Bonita, era casada com o sapateiro José de Neném, e aos 19 anos trnasfomara-se na mulher mais bonita da Região, e dai o apelido de Maria Bonita. Tendo em vista a exploração do homem nordestivo pelos mais variados tipos de trabalho, já naquela época, aqui e ali, surgia os movimentos de inssureisão, alimentados pelo número cada vez maior de famintos, destacando-se, Canudos, Caldeirão do Biato José Lourenço na Região do Cariri no Ceará.
Historiadores afirma que em 1926,Lampião refugiou-se no Ceará, e aos 04 dias do mês de Março, recebeu uma itimação do Padre Cicero Romão Batista, fundador da Cidade "Juazeiro do Norte". Imediatamente compareceu a presenra do Padre Cicero, recebendo um rigoroso sermão pela pratica de seus crimes, todavia o Padre Ciecero, fez uma proposta ao Cangaceiro, para combater a Coluna Prestes que, encontrava-se no Nordeste. Teria como recompensa, a anistia por seus crimes e ainda receberia o titulo de Capitão dos Batalhões Patrioticos, desta forma o bando partiu em busca da coluna Prestes, todavia ao chegarem no Estado de Pernambuco, foram peserguidos pelas volantes polícias, ficou claro que nem a patente de Capitão ou a anistia, de nada valia.
O declinio da Era Lampião teve inicio quando em 1927 preparou um ataque a Cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte, na epoca a mais prospera Cidade da Região Nordestina, possuia o maior parque salineiro do País, alem de comercializar peles, cera de carnauba e algodão, contava com um Porto por onde exportava seus produtos e das Cidades dos Estados visinhos.Os quase vinte mil habitantes, contavam com Estrada de Ferro, ligando o litoral oeste, estradas de rodagem, Colegios, Agencias Bancarias, e algumas repartições Publicas Estadual, Municipal e Federal. Naquele periodo o Rei do Cangaço contava em seu bando com homens familiarisados com a região, e principalmente com a Cidade de Mossoró. Diante da ideia de atacar aquela Cidade do Rio Grande do Norte, Lampião convocou os bandoleiros, Celio Batista (Trovão), José Cesário(Coqueiro), Alfredo Fernandes (Zé Pretinho), Julio Porto e Massilon, para uma reunião.
Naquela reunião, ficou acertado um plano para atacar Mossoró, isto ocorreu em maio de 1927, logo em 11 de Junho, na fazenda Ipueiras, no Municipio de Aurora-Ceará, foi feitos os últimos preparativos para o ataque a Mossoró. Na trajectoria, assaltaram Fazendas, Sitios, Lugarejos, Vilas. Tambem sequestaram o Coronel Gurgel, o qual foi obrigado a escrever uma carta ao Prefeito de Mossoró, solicitando a quantia de 400 contos de reis para não invadirem a Cidade.Mossoró, tinha como Prefeito o Coronel Rodolfo Fernandes, que de imediato convocou o Tenente Laurentino para montar um sistema de defesa. O portador da Carta foi muito bem tratado, e retounou levando apenas um bilhete com a recusa da proposta de Lampião que ficou andando de uma lado a outro, notava-se sua ira, com a tal resposta vou mostrar a este besta, que com Virgulino Ferreira a historia é outra. Lampião foi rechaçado por dois motivos, a resistência foi perfeita e era dia 13 de junho de 1927 dia de Santo Antonio. Uma chuva terrencial ajudou a derrotar o Rei do Cangaço há 82 anos, era o principio do fim.
Por: José William da Silva
Fonte:
http://pt.shvoong.com/newspapers

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Seculte-Aurora participa no Crato do lançamento oficial do Seminário Cariri Cangaço



* José Cícero e o pres. da SBEC Severo Barbosa / * Tabosa e a profª Cláudia /
* Visão do complexo revitalizado(estação do Crato).
Organizadores prometem movimentar todo o Cariri em todo dos debates que abordarão a vida e a atuação do polêmico cangaceiro Lampião e seu bando, em especial, suas diversas passagens pelas terras caririenses. Assim como o próprio Cangaço, como um fenômeno social dos Sertões.
Políticos, produtores, artistas e ativistas culturais, além de secretários de cultura e turismo de vários municípios do Cariri participaram na noite de ontem(quinta-feira 9) no centro Cultural do Araripe(antiga estação ferroviária do Crato) da Solenidade de apresentação oficial do Seminário CARIRI CANGAÇO. Acontecimento sobre a história de Lampião, o reio do cangaço, previsto para ocorrer em setembro nas cidades de Crato, Juazeiro e Barbalha. Também estiveram presentes professores da Universidade Regional do Cariri(Urca), estudantes, além de adeptos, escritores, historiadores e pesquisadores da saga do cangaço nordestino como Aderbal, Dr. Leandro, Vilma Maciel, Napoleão, Margébio Lucena, Samuel Araripe prefeito do Crato e Severo Barbosa presidente da Associação Brasileira de Estudo do Cangaço. A atual secretária de cultura de Juazeiro professora Glória Maria também se fez presente ao evento.
Aurora esteve representada pelo secretário de Cultura José Cícero, a professora Cláudia e pelo coordenador de Esporte Raimundo Tabosa, ocasião em que distribuíram aos presentes, vários exemplarem do último número da Revista Aurora abordando a passagem de Lampião pelas terras aurorenses.
A convite da organização, o secretário de Cultura de Aurora, será um dos debatedores do seminário. “Queremos colocar nosso município no centro dos debates lampiônicos, vez que foi aqui em Aurora que toda trama envolvendo Lampião, Izaias Arruda e Massilon Leite aconteceu com o intento da célebre e malograda invasão de Mossoró. Fato ocorrido no sítio Ipueiras em 1927”, explicou o professor José Cícero.
A revitalização de todo o complexo situado no entorno da antiga estação ferroviária do Crato encheu os olhos de todos os que participaram do encontro. Trata-se de um trabalho primoroso de preservação de um dos mais importantes monumentos históricos e arquitetônicos da região, disse o secretário aurorense.
Da: Radação do Blog d'Aurora e do JC.

sábado, 4 de julho de 2009

Chega de Coronéis!!

É incrível a dependência da história política brasileira dos coronéis que já estiveram no poder, (...) à sombra e conseguem sempre alianças para se manter firmes e atuantes nas esferas administrativas do poder público. Ao fazer uma avaliação ao longo da história se vê que o coronelismo é ponto de obstrução e de emperramento de desenvolvimento do Brasil, é uma doutrina nefasta que corrói, dilacera, corrompe e destrói todo o foco afirmativo de crescimento político, econômico e social. É comum dizer que, para se ter uma governabilidade serena, se faz necessária à aliança com os coronéis, e é o que tem sido feito, porém os problemas começam logo nas alianças, os coronéis que são fisiologistas por natureza exigem logo cargos e mais cargos, e o pior, não aceitam os que estão subordinados as normas, a lei, ou seja: que estão sujeitos a hierarquia do segundo ou terceiro escalão, preferem sempre os que tem autonomia financeira própria. Por que a nossa classe política é tão dependente destes coronéis que tem uma política voltada, unicamente, para o bem estar de seus bolsos, de seus familiares, do fomento a corrupção na especialização de formação de caixas, peritos inclusive, na construção de caixa um, caixa dois, caixa três (.....) São na verdade sangue sugas da democracia que conspiraram contra o poder democrático, contra a norma, a ética, a lei e o estado , pois sempre foram e serão caciques de uma aldeia desafiadora ao estado democrático de direito, pois, são filhos legítimos da ditatura, amantes eternos do poder e de preferência do poder em regime de exceção. É urgente uma política voltada para exterminar todos os males de agentes políticos que alcunham o Brasil como um país relegado eternamente ao país do futuro .
Precisamos construir o Brasil que dá certo, que está dando certo, que precisa, tão somente, perder o medo destes abutres da política brasileira os famigerarados coronéis políticos, ou políticos coronéis.
Por: Luiz Domingos de Luna
Mestre da Ordem Sta. Cruz
Aurora-CE

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Composição nutricional das comidas típicas do Nordeste é tema de aula



Esta semana estudantes do Colégio Monsenhor Vicente Bezerra de Aurora na disciplina de Biologia realizaram mini-seminários acerca das Festividades Juninas focalizando as comidas e bebidas típicas do Nordeste(culinária sertaneja).
Várias aspectos da gastronomia dos sertões foram objetos das discussões no ambiente da sala de aula, em especial, a composição calórica, química, assim como tempo de digestão e de conservação da maioria dos alimentos característicos da dieta tradicional nordestina, explica o professor José Cícero. A iniciativa tem como meta, provocar a reflexão sobre os benefícios para a saúde da dieta alimentar antiga fazendo um comparativo com a atual; prenhe de aditivos alimentares e conservantes, finalizou. Alunos do 3º ano A e B, bem como do 2º ano do ensino médio participaram ativamente do acontecimento. Um preparativo, segundo o professor, para as comemorações das festividades juninas organizadas pela escola que acontecem dia 3 de julho sob o título de 'Arraiá da roça'. Apresentação de quadrilha junina, escolha da rainha do São João 2009, barracas de comidas e bebidas típicas, cartazes, ornamentação e show de forró, são algumas das atividades que serão desenvolvidas pelo educandário que tem como diretora a professora Edvânia Tavares.

Google+ Followers